Doenças de unhas caninas

Escrito por heather vecchioni | Traduzido por andré prata
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças de unhas caninas
Uma unha doente é muitas vezes indicativo de um problema de saúde maior (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Em geral, os cães não gostam de ter suas patas ou unhas tratadas ou tocadas, especialmente quando as unhas possuem doenças. Esses distúrbios são comuns, muitas vezes dolorosos e podem ser difíceis de tratar. Uma unha doente é muitas vezes um indicativo de um problema de saúde maior que precisa ser tratado antes que o problema da unha vá embora.

Outras pessoas estão lendo

Unhas quebradiças

As unhas secas que se quebram facilmente quando aparadas, não são dolorosas e não se desprendem são consideradas quebradiças. Isto é bastante comum em cães e pode ser um problema se eles gostam de cavar ou usar as unhas com frequência. De acordo com o Dr. Mike Richards, o uso de gelatina é ironicamente recomendado para o tratamento de unhas quebradiças. Embora a dosagem de gelatina varie, deve-se utilizar de 2 a 5 pacotes por dia para um cão que pesa 38,5 kg aproximadamente. Os suplementos de biotina também podem ajudar a combater as unhas quebradiças. Os cães devem receber cinco miligramas de biotina por quilo de peso do cão por dia. As unhas quebradiças podem ser um indicativo de uma deficiência de zinco, neste caso você pode dar ao seu cão cinco miligramas por quilograma de gluconato de zinco por dia. O Dr. Richards recomenda o uso de ácidos graxos ômega-3 para tratá-las, e sugere que os donos deem aos seus cães 180 miligramas por cada 4,5 kg aproximadamente de peso corporal por dia. No entanto, antes de dar ao seu cão qualquer suplemento, é importante discutir este assunto com o seu veterinário.

Onicodistrofia lupóide

A onicodistrofia lupoide é uma doença rara que provoca a perda de unhas em cães. Ela normalmente é vista em cães adultos e acredita-se ser causada por uma reação imunológica não especificada, de acordo com a clínica de dermatologia animal de BC (Animal Dermatology Clinic of BC). Os cães que têm esta doença inicialmente experimentam a perda de uma ou duas unhas, mas eventualmente todas as outras irão se desprender. As unhas de substituição muitas vezes voltam a crescer, mas são deformadas, frágeis, fracas, descoloridas e geralmente irão cair também. Os antibióticos são utilizados para tratar a onicodistrofia lupoide quando existe uma infecção presente. Os ácidos graxos também podem ajudar a tratar esta doença. As novas unhas devem ser aparadas a cada duas semanas e muitos cães podem interromper o tratamento após cerca de seis meses.

Infecções Bacterianas e Fúngicas

As infecções bacterianas nas unhas estão geralmente presentes por causa de uma causa subjacente, como alergias, doença de Cushing, hipotireoidismo, doenças autoimunes ou possivelmente câncer, de acordo com a Clínica de Dermatologia Animal do BC. O uso de antibióticos pode normalmente limpar a infecção, no entanto, a causa subjacente precisa ser tratada antes que as unhas possam se curar completamente.

As infecções por fungos podem ocorrer nas unhas dos cães, mas são raras. Tipicamente, apenas uma ou duas unhas são afetadas com infecções fúngicas e a terapia antifúngica geralmente pode curá-las, juntamente com imersão da pata e tratamentos tópicos. As unhas que estão soltas ou desprendidas devem ser removidas e a medicação terá que ser administrada durante um a três meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível