Dor ciática no glúteo máximo

Escrito por kim norton | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dor ciática no glúteo máximo
Dores nas costas ou nos glúteos podem ser ciáticas (back image by Valentin Mosichev from Fotolia.com)

A dor de média a grave intensidade em um grupo de músculos conhecidos como glúteo máximo pode significar que você está passando pelos sintomas de um ataque de ciática. A dor que se sente é, geralmente, em um lado das nádegas (ou glúteos), possivelmente irradiando para sua perna. Você precisa tratar os sintomas, mas precisará também descobrir a causa deles.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

O glúteo máximo é o maior de um conjunto de músculos que controlam os dois lados das nádegas. A palavra glúteo vem da palavra grega "gloutos", que significa nádegas. Esses músculos incluem o glúteo máximo (o maior, mais forte e mais externo dos três), o glúteo médio (o músculo do meio) e o glúteo mínimo (o menor e mais interno).

O glúteo máximo trabalha para estender e rotacionar o quadril para fora. Ele também ajuda a parte superior do corpo a estender o tronco. Você não pode sentar-se completamente, ficar em pé ou andar sem o uso completo do seu músculo glúteo máximo e dos outros glúteos.

Efeitos

Ciática é tanto um sintoma como um indicador de uma causa mais profunda. Também conhecida como neurite ciática, ela ocorre quando o nervo isquiático -- um nervo longo que corre das nádegas até a parte posterior da panturrilha, entrando no pé -- fica comprimido ou inflamado. Essa inflamação causa dor ciática, que você pode sentir no músculo glúteo máximo, apesar de ocorrer no próprio nervo.

A dor ciática pode ser de média até insuportável, e você pode senti-la por todo o comprimento do nervo. Quando a dor é centralizada no glúteo máximo, compromete o ato de sentar, ficar de pé, caminhar e todos os tipos de movimento com a parte inferior do corpo. Até mesmo descansando você pode sentir dor ciática.

Causas

A dor ciática tem um grande número de causas, e você precisa pensar em todas possibilidades. As causas podem ser: hérnia de disco, estenose espinhal e síndrome do músculo piriforme.

A síndrome do músculo piriforme, uma causa de dor ciática, resulta de baixo fluxo sanguíneo para o nervo. A síndrome pode ocorrer devido a danos ou contração crônica muscular, gravidez, lesões relacionadas ao trabalho e má postura. O estresse de sentar por um grande tempo, como quando dirigindo um carro ou em viagens longas de avião, também pode contribuir.

Tratamentos

A notícia boa sobre a dor ciática é que eventualmente ela irá embora, especialmente se descobrir a causa e tratá-la corretamente. Você deve tratar tanto a causa como os sintomas, e tomar medidas para controlar a dor, que pode ser constante e debilitante.

O tratamento inicial consiste de medicamentos anti-inflamatórios ou acetaminofenos, narcóticos (se a dor for grave) e injeções de esteroides. Além disso, coloque gelo no local para reduzir a inflamação do nervo, e panos quentes para reduzir os espasmos que a dor ciática pode causar.

Seu médico pode recomendar compressão espinhal não cirúrgica, e se a causa for uma hérnia de disco, uma cirurgia. A boa notícia, entretanto, é que 90% dos prolapsos de disco não requerem cirurgia.

Tratamentos adicionais

Depois que o ataque inicial da dor ciática terminar, você pode explorar outros tratamentos para ficar completamente em forma de novo e impedir a condição de voltar. Os tratamentos incluem fisioterapia, tratamento com quiropráticos, terapia com massagens e acupuntura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível