Dor na mastoide

Escrito por diallo s. tyson | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A mastoide, localizada atrás da orelha na área inferior do crânio, é um osso saliente com um interior que lembra um favo de mel com cavidades cheias de ar. As células dessa estrutura se conectam com o ouvido médio através do antro mastoide, que é uma cavidade cheia de ar. Esse osso funciona como uma fonte de reserva de ar, permitindo que o tímpano se mova normalmente. No entanto, essa ligação pode permitir que as infecções no ouvido médio se espalhem para o osso mastoide.

Outras pessoas estão lendo

Causas

A dor nessa região é causada principalmente pela mastoidite, uma infecção ou inflamação do osso mastoide. Essa condição geralmente ocorre quando a inflamação de uma infecção no ouvido médio (otite média aguda) se desloca para as células de ar. A mastoidite pode ser causada por várias bactérias, como a pneumococo, Hemophilus influenzae, estreptococos beta-hemolíticos, estafilococos e organismos Gram-negativos.

Diagnóstico

A mastoidite pode ser diagnosticada de várias maneiras. Os médicos usam um otoscópio, um instrumento com luz, para examinar o ouvido externo e o tímpano. Um otoscópio pneumático examina o movimento do tímpano, produzindo um sopro de ar no ouvido. A timpanometria é um teste que mede a quantidade de som refletida de volta, quando o som de teste é produzido no canal auditivo. Os exames de imagem que podem ser utilizados incluem: radiografias, tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas. Os médicos também podem solicitar exames de sangue ou coletar uma cultura do ouvido afetado.

Demografia

As infecções do ouvido respondem por 40% pelo uso ambulatorial de antibióticos sendo, agora, a segunda principal causa de visitas ao médico. Crianças entre seis meses e dois anos de idade têm maior probabilidade de contrair uma infecção no ouvido.

Tratamento

A terapia com antibióticos orais ou tópicos é a primeira fase do tratamento para mastoidite. Se esses medicamentos não forem eficazes, uma cirurgia poderá ser necessária para aliviar a dor. Uma mastoidectomia, remoção da mastoide, pode ser realizada se houver infecção persistente ou complicações intracranianas. Depois de a área afetada ser limpa, um dreno é inserido no local. Uma mastoidectomia radical, remoção da parede posterior do canal auditivo, pode ser realizada se a inflamação do osso mastoide for crônica.

Advertência

Se a terapia com antibióticos for ineficaz e a cirurgia não for realizada, a infecção poderá se espalhar e causar várias complicações. Poderá ocorrer o desenvolvimento de meningite, se as membranas que cobrem o cérebro se tornarem inflamadas devido à infecção. Um abscesso de Bezold, um acúmulo de pus no pescoço, pode ocorrer. Uma infecção persistente pode também resultar na destruição das delicadas estruturas da mastoide, podendo ainda levar à perda auditiva. Outras possíveis complicações incluem paralisia facial e labirintite, uma infecção da câmara do ouvido interno que controla o equilíbrio e a audição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível