Dor repentina no pescoço

Escrito por chelsea fitzgerald | Traduzido por lydia marina barbosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dor repentina no pescoço
Dores (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Muitas pessoas experienciaram dores persistentes ou agudas no pescoço em algum momento de suas vidas. Ela pode variar de leve a grave e poderá afetar seu desempenho no trabalho. Às vezes, simples cuidados caseiros podem livrá-lo da dor em poucos dias. Há sinais que você pode procurar se a sua dor repentina no pescoço precisar de atenção médica.

Outras pessoas estão lendo

Função

O nosso pescoço é responsável por manter a nossa cabeça em pé o dia todo e é o caminho para os nervos do cérebro até a medula espinhal. A menos que você esteja deitado ou olhando para a frente com o queixo ligeiramente para baixo, o pescoço está tensionado.

Características

A dor de pescoço pode vir acompanhada com dor nas costas ou nos ombros. Uma dor repentina no pescoço pode ser uma dor incessante ou aguda. Seu pescoço pode estar extremamente tenso, tornando quase impossível levar uma rotina tranquila.

Tipos

A dor no pescoço pode ser resultado de má postura ou simplesmente de dormir mal, numa posição ruim.

O uso excessivo dos músculos do pescoço pode causar dor, de acordo com a Clínica Mayo. O abuso destes músculos acontece, comumente, quando você fica debruçado sobre sua mesa por horas ou fazendo uma nova atividade, à qual seu corpo não está acostumado.

A osteoporose pode ser responsável por dores no pescoço. Suas articulações do pescoço podem experimentar o desgaste ao longo do tempo, assim como outras partes do corpo. Esta é uma parte do processo de envelhecimento natural.

Lesões, como acidentalmente ser derrubado no meio de pessoas, podem causar dor no pescoço. Estalá-lo para a frente e para trás pode distendê-lo além do seu alcance natural.

Distúrbios do disco que separam as vértebras podem causar dor no pescoço. À medida que envelhecemos, nossos corpos tendem a perder os efeitos de amortecimento dos discos. Esporas ósseas podem ocorrer na coluna vertebral e inflamar os nervos do pescoço.

Cuidados caseiros

Alternar bolsa de quente e frio por 20 minutos (por vez) e repetir algumas vezes por dia é uma forma eficaz de reduzir a tensão muscular e a inflamação. Exercícios leves de alongamento ou massagens poderão soltar os músculos tensos. Imersão em uma banheira de água quente ou até mesmo em pé sob o spray de água quente do chuveiro poderá ajudar. Usar analgésicos como o ibuprofeno e acetaminofeno poderá ser útil. Descansar o pescoço também poderá ser benéfico, mas tome cuidado para não dormir demais ou poderá causar ainda mais rigidez no pescoço.

Prevenção

Boa postura é essencial para prevenir a dor no pescoço. Fazer exercícios para o pescoço, num regime diário, ajudará a manter seu pescoço forte e flexível. Um exemplo de exercício é tentar tocar da orelha ao ombro devagar, repetindo do outro lado, com cinco repetições de cada lado. Virar o pescoço de um lado para o outro, devagar e com cuidado, tentando olhar mais para trás a cada vez é um bom exercício de fortalecimento. Lembre-se de não forçar o pescoço; estes exercícios de fortalecimento não devem aumentar a sua dor.

Evite dormir de bruços e use um travesseiro de boa qualidade, que apoie a sua cabeça.

Faça pausas frequentes enquanto estiver trabalhando em sua mesa ou quando estiver dirigindo por um longo período de tempo. Levante-se e faça alguns alongamentos, e sempre tenha o cuidado de manter a postura reta. Ajuste o monitor do computador para que ele esteja no nível dos olhos.

Evite falar com um telefone entre o ombro e a orelha; usar um fone de ouvido será benéfico se você se comunica muito através do telefone.

Advertência

Consulte um médico se o tratamento em casa não resolver o problema em poucos dias. Vá ao médico imediatamente se tiver algum destes sinais: dor intensa após lesão, dor na região do ombro ou nas costas (que pode ou não ser acompanhada de formigamento ou dormência), fraqueza em um braço ou perna e perda repentina do controle da bexiga ou intestino.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível