Dor urinária após relação sexual

Escrito por sarah york | Traduzido por ana claudia bragé
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dor urinária após relação sexual
A dor urinária após a relação sexual é bastante comum (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

É comum haver dor após a relação sexual. A dor pode ir de queimação, cólica e coceira a urgência e micção frequente. Em geral, essa dor dura horas e pode ser bastante forte. É importante consultar um médico caso os sintomas sejam recorrentes, crônicos ou prolongados.

Outras pessoas estão lendo

Problemas femininos

A dor urinária feminina após a relação sexual com frequência é causada por infecção do trato urinário (ITU), sendo o uso de antibióticos o tratamento padrão. Em alguns casos, pode resultar de infecções fúngicas. ITUs devem ser tratadas para se evitar danos aos rins e outras complicações.

Problemas masculinos

Dor urinária após a relação sexual e sensação de urgência em homens é com frequência relacionada a problemas na próstata, sejam alarmantes ou benignos. Faça um exame de próstata, em especial homens com mais de 30 anos, bem como outros exames de rotina.

Anormalidades anatômicas

Às vezes a dor pode ser causada por outras condições de saúde menos comuns, como traumas mecânicos, os quais podem são causas de dor urinária após o ato sexual. A fricção que ocorre na relação sexual pode sensibilizar o trato urinário. Há causas que podem anatômicas, como os casos de útero invertido, o que pode exercer pressão sobre a bexiga.

Doenças

Cânceres cervical e de próstata podem, às vezes, ser causa de dor em geral ou urinária após a relação sexual. Se você perceber sangue em sua urina, sentir outros sintomas ou suspeitar que algo possa estar errado, busque cuidados de saúde e realize exames imediatamente.

Alergias

Substâncias irritantes, como preservativos de látex e vestígios de sujeiras ou bactérias -- que podem migrar da área genital à uretra -- podem causar reações alérgicas dolorosas. Estes casos não são alarmantes, mas podem ser desconfortáveis. Medicamentos prescritos, marcas de contraceptivos alternativas e higiene cuidadosa em bidês, banhos e chuveirinhos podem ajudar.

Vírus

Vírus transmitidos sexualmente podem também gerar dor urinária. Se você tiver parceiros múltiplos ou novos, ou simplesmente quiser checar, faça exames. Observe a área pubiana e verifique a presença de inchaço, erupções ou outros sintomas, como corrimento incomum.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível