Dores e lesões na virilha

Escrito por constance barker | Traduzido por rodrigo da silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dores e lesões na virilha
A lesão na virilha é também chamada de distensão na virilha (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

A lesão na virilha, também chamada de distensão na virilha, ocorre quando um dos músculos abdutores do quadril rasga, rompe ou estica. Há cinco músculos abdutores do quadril, três dos quais ligam o quadril e a pelve a outros dois que ligam a bacia e o joelho. A lesão muscular mais comum da virilha é no músculo longo adutor que liga a pélvis inferior ao osso da coxa interna.

Outras pessoas estão lendo

Graus de lesões

Lesões na virilha são divididas em graus, dependendo da sua gravidade. Lesões de grau I são rasgos que envolvem 10% ou menos das fibras musculares feridas. O grau II é uma ruptura moderada e pode variar de 10 a 90% das fibras lesionadas. Já o grau III é o mais grave, com rupturas totais ou parciais das fibras musculares.

Sintomas

A lesão grau I inclui músculos da virilha contraídos, desconforto na coxa que pode não pode ser sentido até que o exercício termine, e sensibilidade muscular ao toque. O grau II inclui fortes dores na virilha ou nos músculos da coxa, inchaço ou hematomas leves, dor no alongamento da musculatura, dificuldade e dores para caminhar e correr. O grau III tem dor durante o exercício, incapacidade de apertar as pernas juntas, grande quantidade de inchaço e hematomas no músculo da virilha após 24 horas da lesão, e uma sensação de nódulo no músculo lesionado.

Causas

As causas da lesão na virilha incluem uso excessivo ou uma súbita virada ou mudança de direção durante a corrida. Estes tipos de lesões são mais comuns em esportes como futebol, tênis e basquete.

Tratamento

O tratamento de uma lesão na virilha envolve a aplicação de gelo no músculo ferido durante 15 a 20 minutos a cada três ou quatro horas durante vários dias, o que irá reduzir a inflamação. Medicamentos farmacêuticos, como aspirina e Advil podem ser tomados para aliviar a dor. O músculo pode ser apertado com uma bandagem de apoio para ajudar na cicatrização. A reabilitação com exercícios de alongamento e técnicas de massagem ajudará a acelerar a cicatrização. A cirurgia pode ser necessária em alguns casos de grau III, a fim de religar o músculo.

Recuperação

Na lesão leve na virilha, podem levar algumas semanas para que a dor vá embora e e a lesão seja curada. A lesão grave levará seis semanas ou mais para cicatrizar. Atividades que causam dor no músculo lesionado terão que ser interrompidas até que ela não seja mais sentida. A recuperação vai demorar mais tempo se você continuar a fazer atividades que causam dor.

Você pode retornar às atividades normais quando recuperar a amplitude de movimento na perna ferida e não tiver fraqueza muscular ou dores ao caminhar ou correr.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível