Duração do tratamento de candidíase

Escrito por bryan cohen | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Duração do tratamento de candidíase
A Candida é um gênero de leveduras, das quais muitas espécies podem ser encontradas vivendo na maioria dos seres humanos e animais ((from Wikimedia Commons))

Outras pessoas estão lendo

O que é a Candida?

A Candida é um gênero de leveduras, das quais muitas espécies podem ser encontradas vivendo na maioria dos seres humanos e animais. Na maioria dos casos, a Candida (geralmente Candida albicans, em mamíferos) é um comensal, vivendo junto com a flora intestinal sem causar nenhum prejuízo em particular. Algumas mudanças no ambiente, como uma falta súbita de balanço entre as leveduras e as bactérias no corpo, poderá fazer com que a Candida, antes inofensiva, se torne um invasor multicelular. Isso pode se manifestar de várias formas diferentes, como erupções cutâneas e assaduras, candidíase oral, infecções no leito ungueal e infecções fúngicas. O crescimento elevado dessa levedura é conhecida como candidíase.

Tratamento médico

Existem diversos remédios caseiros para tratar as várias manifestações da candidíase. Para infecções fúngicas, existem várias drogas sem prescrição, como o Butoconazol, Miconazol, Tioconazol e Clotrimazol. O tratamento com esses medicamentos devem eliminar os sintomas em cerca de uma semana.

A Nistatina é um agente antifúngico para a candidíase oral. Normalmente é a única medicação usada em crianças. Os adultos também utilizam comprimidos como o Fluconazol e outras pastilhas para a garganta. Usando esses medicamentos, a candidíase oral deve ser eliminada dentro de uma ou duas semanas.

Erupções cutâneas e assaduras são tratadas com cremes à base de clotrimazol e também eliminam a infecção dentro de uma ou duas semanas de tratamento. Infecções mais sérias que se espalharam pelo corpo precisam ser tratadas com Anfotericina B, medicamento vendido sob prescrição médica. Esse medicamento possui antifúngicos que se ligam ao material constituinte da parede celular das leveduras, criando orifícios que fazem com que ela seja drenada e morra. Esse tratamento potente possui vários efeitos colaterais, e por isso, o medicamento é ministrado lentamente. Para eliminar a candidíase, o tratamento pode levar mais do que duas semanas.

Candidíase sistêmica

Existe uma grande quantidade de médicos alternativos que acreditam que muitas doenças são causadas pelo excesso de Candida no sistema. Muitas dessas afirmações não são provadas e possuem poucos estudos, mas existem muitos artigos e produtos relacionados a venda em sites de produtos de saúde alternativa. Eles citam os sintomas da "candidíase sistêmica" como fadiga crônica, oscilações extremas de humor, infecções crônicas, diarreia, perda de memória de curto prazo, edemas linfáticos, suores noturnos, insônia, aumento das alergias alimentares, entre outras. Para resolver completamente esse problema que acomete todo o sistema, eles afirmam que o tratamento requer de 6 a 12 meses de terapia natural para restaurar o equilíbrio do corpo. É recomendado o uso de produtos que restauram as bactérias corporais, como acidophilus e bifidobacterium, para prevenir o crescimento da Candida. Recomendações adicionais incluem cápsulas de óleo de orégano, glutamina, extrato de semente de uva e absinto. Eles também acreditam que uma dieta pobre em açúcares de qualquer tipo irá ajudar a privar a Candida da sua fonte alimentar. Quando a Candida começar a responder ao tratamento, ela começará a morrer, causando o aparecimento de vários sintomas no corpo, que podem durar desde alguns dias até algumas semanas. Esses sintomas incluem dores de cabeça, náuseas, gases, perda severa de energia, visão turva e desejo de ingerir açúcar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível