Eclipse x Aptana no Ubuntu

Escrito por allen bethea Google | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Eclipse x Aptana no Ubuntu
Veja um comparativo entre o Eclipse e o /Aptana Studio (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Nos últimos anos, houve muitas tentativas para facilitar o penoso trabalho de programação de computadores. Algumas delas focaram na modificação das linguagens existentes ou na criação de novas, que geram um código mais estruturado, conciso e modular. Ferramentas como o Eclipse e o Aptana Studio adotam um enfoque mais centrado no aplicativo para aliviar o fardo dos programadores, fornecendo ferramentas, bibliotecas, frameworks e melhoras no fluxo de trabalho. Tanto o Eclipse quanto o Aptana Studio proporcionam aos desenvolvedores que usam o Ubuntu Linux um meio de criar rapidamente aplicativos para computadores, celulares e internet.

Outras pessoas estão lendo

História do Eclipse

O Eclipse foi iniciado em 2001 como um projeto da corporação IBM para construir um framework de desenvolvimento de aplicativos e um ambiente integrado para desenvolvimento de software, ou IDE, baseado no Java. O Eclipse agora pertence à Eclipse Foundations, não tem fins lucrativos e possui o apoio de uma comunidade mundial de usuários corporativos, educativos e individuais e de colaboradores. Ele foi projetado para ser estendido através de uma infraestrutura integrada bem documentada. Essa extensibilidade -- juntamente com o status de código aberto e licença livre -- fez do Eclipse uma fundação com um número cada vez maior de IDEs livres e comerciais, como o Aptana Studio.

Visão geral do Eclipse

Na sua essência, o Eclipse é uma ferramenta para o desenvolvimento da Interface Gráfica de Usuário Java ou aplicativo GUI (do inglês Graphical User Interface). Ao invés de usar a biblioteca Swing GUI do Orange/Sun, o Eclipse utiliza seu próprio SWT (do inglês Widget Toolkit Standard). No IDE do Eclipse, é possível criar novos projetos SWT, compilá-los e testá-los, gerenciar arquivos no disco rígido do sistema Ubuntu ou usar um sistema de controle da versão do software. Embora projetado para a programação Java, o editor do Eclipse pode ser utilizado para outras programas ou necessidades de edição de texto. Os complementos também estão disponíveis para criar ambientes eficientes de codificação em C/C++, Python, Ruby, PHP, Javascript, Linguagem de mercado extensível e HTML.

Visão geral do Aptana

O Aptana Studio é uma ferramenta de código aberto para desenvolvimento em internet que possui o IDE do Eclipse como fundamento. O Aptana é essencialmente o "Vanilla" Eclipse personalizado para os desenvolvedores de aplicativos web. Por padrão, o Aptana Studio é compatível com a codificação HTML e com as linguagens de programação de script como o Ruby, PHP e Python. Também é compatível com o código JavaScript e CoffeeScript para aplicativos HTML5. Há também ferramentas integradas para o desenvolvimento de bancos de dados orientados a aplicativos web com o Ruby on Rails. A área de trabalho do Aptana assemelha-se à do Eclipse, com painéis de navegação de arquivos, edição de código e saída do console. O Aptana também permite ter uma visualização prévia da página de internet através do IDE ou iniciando um navegador.

Instalar o Eclipse ou o Aptana no Ubuntu

É possível instalar o Eclipse e o Aptana no sistema Ubuntu Linux, baixando-os em seus respectivos sites. O primeiro também está disponível no Centro de Software do Ubuntu. Usando essa alternativa, é possível instalar o Eclipse juntamente com todas as suas funcionalidades. Não obstante, é possível ter acesso às versões mais recentes do software baixando diretamente no site do programa. É necessário ter as últimas versões do Sun/Orange Java JDK ou Open JDK instaladas no sistema Ubuntu. Além disso, será preciso adicionar manualmente o executável do IDE do Eclipse ao menu dos aplicativos, usando o "Main Menu" (menu principal).

Por outro lado, o Aptana não está disponível no Centro de Software do Ubuntu, mas pode ser baixado como um arquivo comprimido. De acordo com o site, o software requer o Sun/Orange Java 1.5.x ou superior. Na prática, no entanto, o Aptana Studio funciona sem problemas no OpenJDK 6. Você terá a opção de baixar o programa na versão autônoma, pronta para uso, ou como um complemento do Eclipse. O complemento do Eclipse Classic oferece todas as características do Aptana Studio. É necessário ter versões de Eclipse 3.5 ou superiores instaladas e em funcionamento. Para instalar o Aptana Studio no Ubuntu, é necessário extrair o arquivo em um diretório da sua escolha. Você deve adicionar o Aptana Studio ao menu do seu aplicativo manualmente, usando o "Main Menu" (menu principal) do Ubuntu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível