Mais
×

Como editar um filme de terror

Editar um filme de terror requer entendimento da linguagem cinematográfica. Isso inclui conhecimento de como o tamanho da foto e movimentos da câmera afetam as cenas em um filme, como luz, som, adereços e cenário afetam o estado e a sensação das cenas, como a atuação dos atores estabelece e progridem as emoções na história, dentre muitos outros elementos áudio-visuais que permitem que a história se desdobre do jeito que você queria. Para o gênero do terror, também é essencial a fornecer convincentemente elementos assustadores e bizarros em cena.

Instruções

Editar um filme de terror requer habilidades tanto técnicas como criativas na produção de um filme (Comstock/Comstock/Getty Images)

    Seção 1

  1. Leia o roteiro e estude o esboço da sequencia, ou outra documentos da produção relacionados ao entendimento da história e visão para o filme. Reveja a lista de fotos usadas durante a filmagem para se familiarizar com a sequência de filmagens para a produção. Isso dá a você a essência de como estabelecer seu fluxo de edição de trabalho. Por exemplo, se há filmagens em cenas cromáticas na tela verde, isso significa que a tela de fundo verde nessas cenas de efeito especial ainda irão ser substituídas por uma imagem gerada por computador (IGC) ou um fundo de ação filmado separadamente ao vivo. A maior parte das produções de larga escala exigem que o editor coordene com o time de efeitos especiais, de forma a determinar o fluxo de trabalho e agendar a aquisição das cenas de efeitos especiais finais para edição.

  2. Crie um novo projeto no seu programa de edição de vídeo favorito. Alguns dos programas populares mais amplamente utilizados em produções pessoais e profissionais incluem Final Cut Pro, Avid Media Composer, Adobe Premier Pro e Sony Vegas.

  3. Reúna todo material de áudio e vídeo que você precisa para editar, depois importe-os no seu programa de edição usando o botão de "importar". A localização dessa função de edição depende do programa que você usa. É geralmente encontrado sobre o menu "file" do programa.

  4. Junte seu vídeo e elementos de som na "timeline'' do seu programa de edição, a área de trabalho onde o real processo de edição acontece. Desde que a sequência de filmagens feita pela produção não está em ordem cronológica, é sua responsabilidade como editor colocá-las em ordem para que se desdobrem na história final do filme. Da janela "importar" ou "clips" no seu projeto, arraste cada cena na timeline para a pré-montagem do filme. Dependendo do seu próprio julgamento e de qualquer instrução do produtor ou diretor do filme, você pode ou não colocar várias sequências, ou cenas únicas, durante essa pré-montagem. Certifique-se que todos os elementos de som primários para os vídeos estão sincronizados.

  5. Remova as cenas IDs e partes extras de cada clipe. Gravar um filme requer uns segundos extras antes e depois da real cena necessária no script para servir como base ao editar. Dependendo do programa de edição usado, a ferramenta básica usada para podar seu vídeo e clipes de áudio é chamado de ferramenta "razor" ou "cutting".

  6. Comece removendo qualquer sequência extra, ao decidir qual irá funcionar melhor com a história. Para um filme de terror, a maior prioridade é dada não só a continuidade de cada cena e a progressão emocional refletida no sequenciamento das cenas, mas também nos fatores horror e choque, que podem tornar as cenas mais efetivas dentro do gênero terror.

  7. Ajuste as cenas ao inserir cenas e mesmo alterar a ordem inicial das cenas na sua edição para criar cenas mais assustadoras. Se certifique que o fluxo da história é tanto lógico quanto criativo, assim o público do filme pode apreciar melhor a história. Adicione efeitos de transição e cenas que denotam a passagem de tempo. Inclua os créditos de abertura e de término e efeitos especiais adicionais exigidos para finalizar a edição de vídeo.

  8. Coloque a mixagem de áudio final, feita pelo designer de som do filme. Esses elementos de áudio nivelados são baseados nos trabalhos do editor de som, na mixagem de som e no marcador musical. Marque qualquer ajuste necessário ao vídeo para combiná-lo com a mix de áudio, se necessário.

  9. Colore o seu vídeo usando a função "color grading" do seu programa de edição. Também é possível fazer isso fora do programa de edição ao usar um programa de para colorir separadamente. O processo de pintura é similar ao de alteração o olhar geral de uma foto em um programa de edição de imagens. Isso te permite mudar as cores, matizes, contraste e saturação do seu vídeo. Nos filmes de terror, elementos escuros e assustadores são geralmente finalizados nesse processo. O uso de mais sombras e tons que fazem as cenas parecerem mais misteriosas, são importantes no aspecto final do filme.

  10. Renderize o vídeo para gerar a sequência final baseada nas alterações de vídeo e efeitos que você fez na sua edição. A função "render" de um programa é geralmente encontrada sobre o menu "sequência", "vídeo" ou "efeitos".

  11. Exporte o filme de terror final no seu formato de vídeo preferido. Alguns desses formatos populares incluem MOV, AVI, WMV e arquivos MP4. O botão de "exportar" é geralmente encontrado sobre o menu "file" do programa.

Dicas

  • Ao editar um filme de terror, os elementos assustadores vistos e ouvidos pelos espectadores são partes essenciais da edição do filme. Combine sua edição com os elementos de som assustadores e rangidos e escolha as melhores cenas que forneçam atmosferas assustadoras e emocionantes na sua edição.
  • Regule o andamento do corte e do prolongamento das suas cenas de acordo com a natureza da ação mostrada em cada uma. Faça variações no andamento e ritmo da sua edição, proporcionando mais suspense e emoção ao seu filme de terror.

O que você precisa

  • Vídeo, som e elementos musicais para serem usados para o filme de terror
  • Computador
  • Programa de edição de vídeo
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article