O que é o EDTA dissódico?

Escrito por rosa lin | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é o EDTA dissódico?
O EDTA dissódico é normalmente encontrado nos produtos para cuidados pessoais, comidas e bebidas industrializadas (Ciaran Griffin/Stockbyte/Getty Images)

O EDTA dissódico é normalmente encontrado nas listas de ingredientes de produtos para cuidados pessoais, comidas e bebidas industrializadas, produtos de limpeza, cosméticos, e produtos para o cuidado da pele. O EDTA dissódico possui muitas aplicações industriais, médicas e na engenharia, sendo um dos componentes químicos mais importantes e usados na sociedade moderna.

Outras pessoas estão lendo

A química do EDTA dissódico

O EDTA dissódico possui a fórmula química de [CH2N(CH2CO2H)2]2, a fórmula molecular de C10H16N2O8. Ele é um importante agente quelante, do qual todas as suas aplicações derivam. O EDTA dissódico possui alta afinidade com íons metálicos livres, que são impurezas comuns em muitos ambientes químicos. Por exemplo, quando limpamos algo com sabão ou lavamos as nossas roupas, ocorre uma reação química entre o detergente, a sujeira orgânica e a água que fornece uma solução aquosa para que a reação química de "limpeza" ocorra. Contudo, muitas impurezas, íons metálicos livres e minerais presentes na água de torneira, tornam os detergentes menos efetivos, com eficácia diferente em localidades distintas, por conta das variações na qualidade da água. O EDTA dissódico é um agente quelante que ajuda a agrupar os radicais livres e impurezas, permitindo que os ingredientes principais dos detergentes funcionem de maneira efetiva e consistente, sem distúrbios químicos excessivos.

Quais são os produtos comuns que contém EDTA dissódico?

O EDTA dissódico é comumente encontrado em uma grande variedade de produtos para cuidados pessoais, como soluções para lentes de contato, colírios, produtos de banho, preparações para cuidados com a pele e cosméticos. Ele também é usado como conservante e estabilizante em muitas comidas e bebidas industrializadas.

Quais são as práticas médicas que envolvem o EDTA dissódico?

Os usos do EDTA dissódico em clínicas e laboratórios incluem terapias de quelação, onde o EDTA limpa o excesso de ferro, mercúrio e outros metais pesados do corpo. Em exames sanguíneos e transfusões, ele é usado como anticoagulante. Na análise da proliferação celular, é usado para manter as células separadas umas das outras. Em procedimentos odontológicos e oftalmológicos, é usado para preparar os locais onde serão feitas cirurgias. O EDTA dissódico é um agente importante, com muitos usos médicos, sendo comuns as exposições a esse composto químico ao frequentar clínicas e laboratórios médicos para exames e tratamentos, como os listados anteriormente.

Quais são as outras áreas de produção que utilizam EDTA dissódico?

Além dos produtos que entram em contato direto com as pessoas, o EDTA dissódico também é encontrado em produtos de limpeza, como em detergentes, purificadores de água e potencializadores para detergentes. Ele também é encontrado em produtos industriais para manutenção, limpeza e condicionamento de maquinas. O EDTA dissódico é essencial para as indústrias têxteis e de pasta de papel, atuando no branqueamento e manutenção das cores e tinturas.

Os riscos à saúde relacionados ao EDTA dissódico

O EDTA dissódico se tornou um assunto de interesse porque muitas organizações naturalistas afirmam que ele causa toxicidade em mamíferos. Contudo, em produtos regulamentados pela Food and Drug Administration (FDA), os níveis de EDTA dissódico são muito baixos para causar danos diretos, quando os produtos são usados de acordo com as recomendações. O único momento em que se deve preocupar com isso é ao consumir comidas e bebidas processadas, pois o EDTA dissódico, ao reagir com ingredientes ativos e instáveis, como a vitamina C e o bicarbonato de sódio, formam benzenos, que são substâncias cancerígenas potentes.

Como identificar o EDTA dissódico

O EDTA dissódico deve sempre estar listado na lista de ingredientes dos produtos que entram em contato direto com a pele ou que sofram ingestão oral. Embora o EDTA não precise ser aprovado para ser adicionado na comida, ele pode estar listado de várias formas, incluindo EDTA, EDTA dissódico, dissódico, EDTA Dissódico Violeta 2, EDTE dissódico, e EDTA Disodiume.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível