on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Qual é o efeito de repelentes eletrônicos de pragas em cachorros?

Atualizado em 21 novembro, 2016

Insetos e roedores invadindo casas é mais que um incômodo. Eles podem transmitir doenças. Quando essas pragas ficam ao redor de sua casa, germes são espalhados. Se encontrarem alimentos armazenados, tudo pode ficar contaminado. Das recentes criações para o mercado de ferramentas para o controle de pragas, os repelentes eletrônicos de pragas ganharam bastante atenção. Se você tem pensado em comprar um, talvez tenha ponderado sobre os efeitos colaterais que poderão afetar seu cachorro.

Meu bichinho de estimação será incomodado pelos repelentes eletrônicos de pragas? (dog image by Joanna Redesiuk from Fotolia.com)

Entendendo os repelentes eletrônicos de pragas

Os dois tipos principais de equipamentos eletrônicos para controle de pragas são o ultrassônico e o subsônico. O primeiro cria sons que são maiores que o limite da audição humana. Já o segundo produz sons (ou vibrações) que são abaixo do nível de audição das pessoas. Os fabricantes desses equipamentos dizem que esses padrões de sons afastarão as pragas. Eles também afirmam que as ondas sonoras não causam malefícios aos animais de estimação.

Loading...

Alcance

Os físicos entendem sobre o alcance das ondas de som. Eles possuem equações concretas baseadas nas leis da física. De acordo com esses mesmos físicos, metade da energia das ondas ultrassônicas desaparecem em um alcance de 4,5 metros. Então, os aparelhos ultrassônicos possuem um alcance máximo efetivo de 9 metros. Esse alcance é altamente diminuído por objetos como mobília e paredes no caminho das ondas de som. As vibrações subsônicas vão mais longe. De fato, a distância pelo chão pode ser de vários quilômetros.

Audição do animal de estimação versus audição das pragas

Muitos animais, de fato, possuem um alcance de audição maior que o dos humanos. Os animais como roedores ouvem essencialmente o mesmo alcance de cachorros e gatos. Os roedores de estimação ouvem exatamente no mesmo alcance de ratos e camundongos. Muitos insetos "sentem" as onda sonoras ao invés de "ouvir". Sendo assim, seus animais de estimação poderão escutar o mesmo som que as pragas indesejadas ouvem.

Eficiência

Muitos estudos científicos têm sido feitos a respeito da eficiência de ambos os aparelhos de controle de pragas ultrassônicos e subsônicos. Os resultados têm sido bem uniformes. A ciência não tem mostrado qualquer propriedade repelente efetiva desses repelentes ultrassônicos ou subsônicos. Para os roedores, os sons possuem um efeito de curto prazo; mas eles se acostumam rapidamente com o som e agem como se nada estivesse presente. Esses equipamentos não têm apresentado redução alguma no controle de pragas em testes científicos.

Segurança canina

Apesar dos testes não terem demonstrado eficiência alguma na redução de pragas, talvez você tenha ouvido falar em histórias de sucesso de outras pessoas e ainda queira experimentar os repelentes eletrônicos de pragas. Ainda deve levar em consideração o potencial dano aos seus animais de estimação. A boa notícia é que o teste também foi conduzido para entender os efeitos em cães e gatos. Os sons aparentam ser inofensivos, ao menos a curto prazo, embora nenhum teste a longo prazo tenha sido feito.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...