Os efeitos da atenção seletiva sobre a percepção

Escrito por katherine teel | Traduzido por mário candi tsuge
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos da atenção seletiva sobre a percepção
Uma garrafa de refrigerante ilustra a atenção seletiva (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Um dos grandes avanços na psicologia do final do século 20 foi o trabalho feito por certos pesquisadores na área da percepção. Vários deles conseguiram entender que os seres humanos simplesmente não conseguem absorver todas as informações e estímulos que encontram todos os dias, pelo menos não conscientemente. A mente é como um funil ou garrafa, com uma passagem estreita que absorve tudo ao mesmo tempo. As informações que as pessoas escolhem absorver — a atenção seletiva — afeta como elas enxergam o mundo ao redor e suas relações.

Outras pessoas estão lendo

Priorizando

Um experimento feito com controladores de tráfego aéreo pelo pesquisador Donald Broadbent mostrou que embora cada profissional recebesse muitas mensagens simultâneas e concorrentes, ele apenas discernia a que considerasse a mais importante naquele momento. Sua atenção seletiva voltava-se a qualquer momento para a mensagem mais importante, e quando isso acontecia, ele escolhia a próxima mensagem mais importante. Como com os controladores de tráfego aéreo, a atenção seletiva para mensagens concorrentes informa nossa percepção da ação necessária a qualquer momento.

Atenuação

A atenuação significa que, se houver muitas mensagens chegando a uma pessoa, ela se focará principalmente em uma, mas ainda estará pelo menos parcialmente aberta para ouvir as demais. De acordo com o modelo de atenuação de Treisman, esse comportamento é conhecido como "fenômeno coquetel", quando uma pessoa não está prestando atenção às conversas dos outros, mas identifica seu nome sendo pronunciado na sala em uma festa, por exemplo. A atenuação permite que as pessoas se concentrem em um objeto em particular sem perder a noção das outras atividades a seu redor.

Resposta emocional

Nossas respostas emocionais estão diretamente ligadas à nossa percepção dos eventos, e nós só podemos formar uma percepção baseada na atenção seletiva — as coisas que nós escolhemos para prestar atenção ou dar sentido. Por exemplo, só prestamos atenção às cores em certas situações — atenção seletiva —, mas quando o fazemos, é porque atribuímos um significado a ela (por exemplo, relacionar a cor vermelha à indicação de parada, perigo, alerta). Segundo os especialistas, o significa evoca uma resposta emocional condicionada.

Percepção visual

Um experimento clássico de atenção seletiva, mais recentemente feito por Simons e Chabris, dispõe de um grupo de estudantes, metade vestido de preto e o resto de branco, passando uma bola de basquete entre eles. As instruções são para contar quantas vezes o grupo de branco passa a bola de basquete. Como o grupo de preto também está passando a bola, é necessário um pouco de atenção concentrada para efetuar a contagem. Enquanto a pessoa conta os passes dos jogadores de branco atentamente, um gorila passa pelo meio do grupo e desaparece. Mais da metade das pessoas não prestam atenção no gorila. A experiência demonstra que quando nossa atenção está tão seletivamente focada, deixamos de ver as coisas que estão bem diante de nós.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível