Mais
×

Os efeitos colaterais da amitriptilina em gatos

Atualizado em 21 novembro, 2016

O medicamento amitriptilina foi originalmente usado para tratar a ansiedade em humanos. Hoje em dia, é também utilizado como um medicamento para animais de estimação. Os veterinários prescrevem amitriptilina para gatos que estão com síndrome de ansiedade de separação e doença no trato urinário. Também é usada para tratar comportamentos peculiares, como micção inapropriada e limpeza obsessiva. Os gatos podem apresentar uma série de efeitos colaterais ao tomar amitriptilina.

Amitriptilina pode ajudar gatos que se lambem obsessivamente (toilette du chat image by ninice64 from Fotolia.com)

Sonolência

Amitriptilina é um anti-histamínico forte, por isso pode fazer com que os gatos fiquem muito cansados e sonolentos. Eles podem parecer letárgicos e excessivamente cansados.

Boca seca

Os gatos podem sentir a boca seca quando estão tomando essa medicação específica. Você pode notar que seu gato está sentindo esse sintoma, porque ele vai lamber continuamente seus lábios.

Retenção urinária

A retenção urinária é uma complicação mais grave decorrente da amitriptilina. Esse efeito colateral significa que o gato é incapaz de urinar ou esvaziar a bexiga completamente. Se observar seu gato entrando em sua caixa de areia e não acontecer nada, não se esqueça de relatar o caso para seu veterinário. Esse é um sintoma que pode levar a problemas renais.

Constipação

Amitriptilina também pode causar constipação em gatos. Fique de olho nos hábitos intestinais do seu gato e fale para o veterinário se suspeitar de constipação.

Alteração de peso e apetite

Este medicamento pode causar ganho de peso para os gatos. Às vezes, aumento do peso é porque o medicamento faz com que o gato sinta mais fome do que o habitual.

Excesso de saliva

Enquanto a amitriptilina pode provocar boca seca em alguns gatos, pode causar salivação excessiva em outros. Se observar que seu gato está babando de repente, é devido à medicação.

Coma

Se o seu gato é incapaz de acordar, deve entrar em contato imediatamente um veterinário. Um possível efeito colateral muito sério de amitriptilina é o coma. Se ele for capaz de acordar, mas cai no sono imediatamente, não se preocupe. O anti-histamínico é suscetível de fazê-lo dormir mais do que o habitual.

Batimento cardíaco acelerado

Não se assuste se de repente perceber que o coração do seu gato está batendo mais rapidamente, em um ritmo anormal. Esse é outro efeito colateral da amitriptilina e não tem nada a ver com insuficiência cardíaca. Se o problema persistir por mais de dois dias, consulte um veterinário.

Extremidades frias

Os gatos são geralmente animais muito quentes. Porém, a amitriptilina pode mudar isso, fazendo com que ele fique com os membros frios ao toque.

Diarreia

A amitriptilina faz com que alguns gatos fiquem constipados, mas outros reagem ao medicamento com inícios súbitos de diarreia. Se ela não desaparecer dentro de dois dias, ou se detectar sangue nas fezes, consulte um veterinário em seguida.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article