Efeitos colaterais do chá das folhas de sene

Escrito por shelley moore | Traduzido por mari mieko
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais do chá das folhas de sene
O chá de sene é laxativo (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O sene, que tem o nome botânico de Cassia senna ou Cassia angustifolia, é uma erva comumente utilizada como um laxante. A antraquinona contida nessa erva interage com as bactérias do trato digestivo, causando contrações intestinais. O sene está incluído em vários laxantes comerciais, como Ex-Lax Gentle Nature e Fletchers Castoria, e pode ser comprado em algumas lojas de produtos naturais em extrato líquido, vagens e folhas secas ou cápsulas. As vagens ou folhas secas podem ser fervidas em um chá. As pessoas devem ser cautelosas quanto ao seu uso, porque alguns efeitos colaterais podem ser perigosos. O sene só deve ser tomado em pequenas quantidades e não deve ser utilizado por mais de uma semana.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos colaterais comuns

O efeito colateral mais comum associado ao uso do sene é a diarreia. O ingrediente é potente e algumas pessoas experimentam diarreia mesmo com pequenas quantidades. O sene geralmente causa desconforto abdominal leve, mas quando tomado em grandes quantidades pode causar náuseas e cólicas abdominais severas. A urina pode ficar avermelhada ou acastanhada enquanto se toma essa erva. Além disso, o uso habitual de qualquer laxante, incluindo o sene, pode causar dependência, ou seja, as pessoas tendem a tornar-se constipadas quando não usam o laxante.

Considerações

O sene pode agravar certos distúrbios médicos, incluindo a doença de Crohn, a doença diverticular, colite, úlceras e o câncer gastrointestinal. Pessoas com insuficiência cardíaca congestiva ou doença renal também não devem usar o sene.

Opinião do especialista

Um caso da Escola de Medicina Gulhane em Ancara, na Turquia, alegou que o sene induziu um paciente idoso que habitualmente tomava essa erva para tratar a constipação crônica à hepatite. Após a interrupção do uso do sene, ele experimentou uma diminuição lenta e progressiva dos níveis de bilirrubina e enzimas hepáticas, o que é um efeito positivo. Pessoas com doenças hepáticas não devem tomar sene.

Efeitos colaterais adicionais

O uso prolongado de sene pode causar osteomalácia, que é o enfraquecimento e amolecimento dos ossos, e artropatias, um tipo de doença articular progressiva. Ele também está associado à caquexia, uma doença que causa perda de peso, perda de massa muscular, fadiga e fraqueza. Além disso, o uso a longo prazo dessa erva pode atrapalhar os níveis de eletrólitos, particularmente diminuindo o potássio a níveis perigosamente baixos. O baqueteamento dos dedos das mãos e dos pés também pode ocorrer.

Aviso

Na Guiana, em 2009, duas meninas com idades de três e cinco anos, morreram depois de consumir três substâncias: chá de folhas de sene, o medicamento Lomotil, para parar a diarreia resultante e, em seguida, chá de rooibos. As mortes aparentemente foram causadas por uma combinação de overdose de sene e Lomotil, que pode causar desidratação e desequilíbrio electrólito, potencialmente perigoso para crianças pequenas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível