Efeitos colaterais comuns no uso de anestésicos IV

Escrito por bettina cooper | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais comuns no uso de anestésicos IV
Todas as anestesias têm efeitos colaterais (intubation image by Stef Run from Fotolia.com)

Antes da cirurgia, a sedação do paciente é responsabilidade de um anestesista. A indução da anestesia pode ocorrer a partir de agentes inalantes ou anestesia intravenosa. Anestésicos IV são medicamentos administrados intravenosamente para colocar o paciente para dormir para a realização da cirurgia. Alguns dos agentes de indução IV mais comumente usados ​​incluem propofol, ketamina, barbitúricos e etomidato. Esses anestésicos IV têm efeitos colaterais únicos e sobrepostos.

Outras pessoas estão lendo

Anestésicos IV mais comuns

Os quatro principais grupos de anestésicos intravenosos são barbitúricos, propofol, etomidato e ketamina. O propofol é o anestésico IV mais utilizado. É classificado como um agente sedativo-hipnótico, o que significa que causa estado de sono. Tiopental e methohexital são anestésicos barbitúricos, sendo também anticonvulsivantes. Etomidato é um agente sedativo que é usado principalmente em doentes com doença cardíaca. Por último, a ketamina é uma outra droga usada para indução da anestesia. Ela é chamada de anestésico dissociativo, porque os pacientes podem ter seus olhos abertos mas não estão conscientes do que acontece à sua volta.

Principais efeitos colaterais

Todos os anestésicos IV têm uma variedade de efeitos colaterais que afetam múltiplos sistemas do corpo. Tiopental sódico pode causar erupção cutânea, ritmo cardíaco anormal, tremores, dor abdominal e tosse. Em ensaios de Fase IV da triagem de propofol, a maioria dos pacientes relatam náuseas, vômitos, queda da pressão arterial e da frequência cardíaca. Muitos pacientes relatam uma sensação de queimação ou dor no local da IV, logo após a administração da droga. Etomidato pode causar náuseas, vômitos, alterações na pressão arterial ou frequência cardíaca, tosse e sonolência. Algumas outras reações adversas associadas ao uso de etomidato intravenoso são flebite, que é o inchaço da veia onde medicamento é injetado, mioclonia ou espasmos musculares intermitentes. Os efeitos colaterais mais comuns de ketamina incluem visão embaçada, estado de confusão, sonolência, pressão arterial ou ritmo cardíaco aumentados ou diminuídos, alterações de humor, náusea e vômito. Os pacientes também relatam sonhos vívidos, ilusões e flashbacks várias semanas após a cirurgia, de acordo com o "Department of Anesthesia at Stanford University Medical Center" (Departamento de anestesia do centro médico da universidade de Stanford).

Benefícios

Embora essas drogas possuam efeitos colaterais, elas também têm muitos benefícios que as tornam úteis. Anestésicos IV são úteis porque permitem ao paciente dormir e estar inconsciente durante o procedimento cirúrgico e não têm lembranças ao acordar.

Prevenção

A maioria dos efeitos colaterais da anestesia IV são suaves e autolimitados. Algumas destas reações adversas podem ser prevenidas de ocorrer com medicamento e planejamento prévio. Náuseas e vômitos são comuns após todas as anestesias. Durante o procedimento, o médico pode administrar uma droga chamada de antiemético, que ajuda a evitar estes sintomas. Tremedeira, outro sintoma comum após a cirurgia, pode ser evitada mantendo o aquecimento do paciente durante a cirurgia com fluidos IV quentes, cobertores, etc.

Considerações

Esses anestésicos IV têm efeitos colaterais semelhantes e variados no período perioperatório. Sempre relate sua história médica e social para o seu médico. Pacientes que usam álcool, medicamentos, drogas ilícitas ou que têm uma história familiar de reações adversas à anestesia podem ter mais complicações da anestesia IV.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível