Efeitos colaterais de dicloridrato de levocetirizina

Escrito por isabel prontes | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais de dicloridrato de levocetirizina
Consulte um médico se achar que está apresentando efeitos colaterais do uso do medicamento (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Dicloridrato de levocetirizina é um medicamento utilizado para o tratamento e controle dos sintomas associados com a alergia. Esses sintomas incluem coceira (principalmente dos olhos e do nariz), erupção cutânea, coriza, olhos lacrimejantes e espirros. A medicação é classificada como sendo um anti-histamínico e funciona obstruindo as ações da substância corporal natural conhecida como histamina (que é produzida como resultado de uma reação alérgica). Entretanto, existem alguns possíveis efeitos colaterais para as pessoas que o utilizam.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos colaterais comuns

Existem vários efeitos colaterais comuns para o dicloridrato de levocetirizina, que incluem cansaço, boca seca, dor de garganta e sonolência. As crianças frequentemente têm efeitos colaterais comuns como tosse ou febre. Esses efeitos geralmente desaparecem rapidamente, mas se achar que eles são particularmente de longa duração ou incômodos, consulte o seu médico sobre a situação.

Efeitos colaterais graves

Efeitos colaterais graves do dicloridrato de levocetirizina são muito menos comuns do que os de menor gravidade, mas podem ocorrer ocasionalmente. Nessas situações, procure atendimento médico de emergência o mais rápido possível, uma vez que pode resultar em consequências potencialmente prejudiciais. Esses efeitos colaterais são: mudanças de humor ou mentais, desmaio, febre, coloração amarelada da pele ou dos olhos (icterícia), urina de cor escura, convulsões, batimentos cardíacos irregulares e tonturas extremas ou persistentes.

Reações alérgicas

Reações alérgicas graves ao dicloridrato de levocetirizina são raras. No entanto, elas podem ser prejudiciais, por isso, se acha que está tendo uma, procure ajuda médica imediata. Alguns sinais de reação alérgica a esse anti-histamínico incluem tonturas intensas, erupção cutânea, dificuldade em respirar, rouquidão anormal, inchaço da garganta, lábios ou língua e coceira.

Indivíduos idosos

A função do rim torna-se significativamente menor com a idade, e o medicamento é eliminado através deles. Como resultado disso, os idosos têm um risco muito mais significativo de sofrer efeitos colaterais ao tomar dicloridrato de levocetirizina. Os idosos devem ser particularmente cuidadosos quando se trata dessa medicação.

Avisos

Dicloridrato de levocetirizina pode causar extremo cansaço e sonolência. Por isso, pessoas que tomam esse medicamento devem ter cuidado especial quando se engajam em atividades que exijam estar totalmente alerta, vigilante e acordado, como dirigir e operar máquinas pesadas. Até que a pessoa esteja totalmente ciente de como o medicamento irá afetá-la, ela deve abster-se desses tipos de atividade por razões de segurança.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível