Efeitos colaterais da lixívia nos relaxantes de cabelo

Escrito por vivian gomez | Traduzido por luiza horbach
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais da lixívia nos relaxantes de cabelo
Procure um cabeleireiro de sua confiança caso queira usar um relaxante com lixívia (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Muitos relaxantes de cabelo no mercado contêm lixívia, também chamada de soda cáustica, e o produto químico denominado hidróxido de sódio. Estes dois químicos fortes, que podem ser encontrados em muitos produtos de limpeza industriais e de uso doméstico, ajudam a alisar o cabelo. Devido aos efeitos colaterais graves, muitos cabeleireiros e pessoas que usam o produto passaram a usar relaxantes sem lixívia ou naturais.

Outras pessoas estão lendo

Vermelhidão e queimação

A lixívia queima, por isso, se você quiser usar um relaxante de cabelo que contém soda cáustica, vá a um cabeleireiro profissional. Dependendo da gravidade, a queimadura pode causar vermelhidão e coceira. Os relaxantes de cabelo sem lixívia também podem causar ardor, mas os efeitos não são tão graves como os dos que contêm.

Quebra e ressecamento

A lixívia tira os aminoácidos e a umidade do cabelo, o que pode queimá-lo ou quebrá-lo. Mesmo que não haja quebra, seu cabelo pode ficar mais seco do que já é. O produto químico fica nos fios por pelo menos 30 minutos. Não use relaxantes com lixívia mais do que a cada seis ou oito semanas.

Efeitos colaterais sérios

Engolir ou respirar o produto químico pode causar sintomas graves de dificuldades respiratórias e quedas drásticas na pressão arterial, inchaço na garganta, sangue nas fezes e até mesmo perda de visão. Se os cuidados em casa, como a lavagem com água abundante ou ar fresco não ajudarem, entre em contato com um hospital da sua região.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível