Efeitos colaterais da tomografia por emissão de pósitrons

Escrito por jill lee | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais da tomografia por emissão de pósitrons
Exames de PET geralmente não são recomendados para mulheres grávidas (pregnant woman image by Frenk_Danielle Kaufmann from Fotolia.com)

Os exames de PET (tomografia por emissão de pósitrons) ajudam a diagnosticar e tratar muitas afecções diferentes, incluindo o câncer e doenças cardíacas. Antes do exame, o paciente muitas vezes recebe uma pequena injeção de material radioativo para que os órgãos e tecidos apareçam claramente nas imagens. O material também pode ser engolido ou inalado. A maioria dos pacientes não apresenta efeitos colaterais ao produto, segundo o Brigham and Women’s Hospital, um afiliado da Faculdade de Medicina de Harvard, mas algumas pessoas podem apresentar reações adversas ao próprio exame ou ao material radioativo.

Outras pessoas estão lendo

Desconforto

Um dos efeitos colaterais mais comuns dos exames de PET é o desconforto, embora ele geralmente não seja significativo. Os pacientes sentem uma pequena picada quando o material radioativo é administrado em uma veia e alguns relatam um formigamento frio levemente desconfortável nos braços no momento da injeção. Dor no local da aplicação também pode ocorrer, mas ela geralmente passa dentro de algumas horas. Alguns examesexigem que um cateter seja colocado na bexiga do paciente, o que também pode causar desconforto ou pressão.

Claustrofobia

Alguns pacientes se sentem claustrofóbicos dentro da máquina de PET, que é como um grande túnel fechado. Pessoas que apresentam claustrofobia grave podem ter dificuldades para respirar ou taquicardia e aumento da pressão sanguínea. Alguns médicos administram um sedativo em pacientes extremamente ansiosos ou claustrofóbicos antes do exame para fazer com que fiquem calmos e parados durante o procedimento.

Reações alérgicas

As reações alérgicas ao material radioativo dado às pessoas antes de um exame PET são raras, mas podem ocorrer em alguns casos, segundo o site RadiologyInfo.org. Os pacientes devem informar ao médico se já sofreram uma reação negativa durante quaisquer outros procedimentos de medicina nuclear. Os médicos monitoram os sinais de reação alérgica antes do exame, já que tipicamente leva cerca de uma hora para que a substância passe pelo corpo. Os pacientes que apresentarem problemas para respirar ou outros sinais de reação alérgica, como erupção cutânea, urticária ou inchaço, devem avisar o médico imediatamente.

Efeitos colaterais na gravidez

Mulheres grávidas ou que estejam amamentando devem evitar os exames PET para prevenir lesões ou doenças do bebê. Em alguns casos, o exame pode ser necessário para mulheres nessas condições porque os benefícios do procedimento ao diagnosticar uma afecção que apresenta possível risco de vida prevalece sobre os riscos à criança. O Brigham and Women’s Hospital recomenda não amamentar por 36 horas depois da administração do material radioativo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível