Os efeitos da falta de oxigênio no cérebro

Escrito por william norman | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos da falta de oxigênio no cérebro
O cérebro precisa de oxigênio; do contrário, suas células morrem (Creatas/Creatas/Getty Images)

As células do cérebro morrem quando ficam sem oxigênio. Alguns minutos sem oxigenação no cérebro (hipoxia cerebral) podem rapidamente desencadear sintomas que vão desde desorientação até danos cerebrais graves. Esses sintomas requerem cuidados médicos imediatos para prevenir a morte cerebral.

Outras pessoas estão lendo

Hipoxia Cerebral

O Instituto Nacional Americano de Problemas Neurológicos e Derrames (NINDS) define hipoxia cerebral como falta de oxigênio no cérebro sem que haja hemorragia.

Causas

Lesões na cabeça, ataques cardíacos, envenenamento por monóxido de carbono, pressão sanguínea baixa, altas altitudes ou engasgos podem causar hipoxia cerebral, de acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland.

Efeitos na mente

O NINDS afirma que até mesmo um breve episódio de hipoxia pode causar falta de coordenação e julgamento, problemas de memória e incapacidade de prestar atenção.

Efeitos graves

Episódios de hipoxia que se estendam por mais de cinco minutos podem ocasionar convulsões, coma ou uma condição chamada morte cerebral, na qual as principais funções cerebrais param.

Tratamento

O tratamento da hipoxia depende do que ocasionou essa condição; contudo, de acordo com o NINDS (Instituto Nacional Americano de Problemas Neurológicos e Derrames), ventilação artificial, medicamentos para manter a frequência cardíaca e a pressão sanguínea constantes e medicamentos anticonvulsivantes, em conjunto com os procedimentos médicos, ajudam a manter o paciente vivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível