Os efeitos da imobilidade nos sistemas do corpo

Escrito por kimberly turtenwald | Traduzido por ashley heart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos da imobilidade nos sistemas do corpo
Imobilidade prolongada pode ter um efeito negativo em todos os sistemas do seu corpo (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Algumas injúrias e doenças requerem que uma pessoa se mantenha na cama e imóvel até que melhore. Isso não apenas pode ser difícil emocionalmente para um indivíduo, especialmente um que é tipicamente muito ativo, mas também pode produzir impactos no corpo. Cada sistema é afetado diferentemente por um longo período de imobilidade.

Outras pessoas estão lendo

Cardiovascular

O sistema cardiovascular é responsável por transportar o sangue pelo corpo para levar oxigênio e nutrientes para todos os órgãos e tecidos. Quando você está imóvel, os músculos do seu coração trabalham mais forte do que eles fariam para realizar esse trabalho se você estivesse ativo. O risco de um coágulo se formar na sua corrente sanguínea, potencialmente bloqueando operações cruciais no seu corpo, é maior quando você não está ativo. Além disso, a falta de movimento diminui sua circulação de modo geral, já que os vasos sanguíneos usam a ação do músculo para moverem o sangue pelo corpo.

Respiratório

Você pode pensar que o seu sistema respiratório não seria muito afetado pelo fato de você não estar ativo. No entanto, esse não é o caso. Existe uma grande probabilidade de fluido se acumular em seus pulmões quando você está imóvel porque os seus músculos não estão trabalhando para remover o excesso de líquidos do corpo. Sua respiração também se torna mais superficial, resultando em áreas não usadas dos pulmões. Quando isso acontece, aquelas áreas que não estão mais sendo usadas podem entrar em colapso e se tornarem inúteis. Isso também resulta em menos trocas de oxigênio/dióxido de carbono.

Músculo esquelético

O sistema muscular esquelético do seu corpo é a área mais afetada pela imobilidade. Quando você não usa os seus músculos, eles começam a se enfraquecer e deteriorar. Os músculos também são encurtados pela falta de uso e começam a perder sua flexibilidade. Os ossos também começam a perder sua densidade porque a falta de pressão reduz a quantidade de cálcio absorvida. É por isso que muitas pessoas sofrem de uma condição que resulta na imobilidade, quer seja imobilidade do corpo inteiro ou apenas de uma parte, como um braço quebrado, precisam fazer fisioterapia assim que curadas.

Nervos

A maneira que seu corpo se sente é afetada por períodos prolongados de imobilidade. Quando você está imóvel por muito tempo, seu corpo constantemente experimenta pressão em certas regiões. A pressão deve começar a causar dor, mas com o tempo você notará novas sensações, como formigamento e, eventualmente, não sentirá nada. Você pode ter alguns espasmos incomuns nos nervos.

Gastrointestinal

A digestão também é afetada pela imobilidade, especialmente em situações em que você não pode se alimentar de maneira normal. A diminuição da atividade pode diminuir o seu apetite, fazendo com que você coma menos. O sistema digestivo também diminui, resultando em uma digestão mais demorada. Isso pode causar impactação fecal e constipação.

Genitourinário

O sistema genitourinário é responsável por manter os níveis dos fluidos no seu corpo. Quando você está imóvel, o sistema se torna menos efetivo, fazendo com que a retenção de fluidos aumente. Os riscos de uma infecção na bexiga e pedras nos rins também aumentam com a imobilidade. Quando você se encontra nessa situação, todos os seus músculos enfraquecem, incluindo sua bexiga. Isso pode causar um esvaziamento incompleto, o que contribui para um maior risco de infecção.

Metabolismo

O metabolismo é a parte do sistema endócrino que controla como a comida é digerida, dentre outras coisas. O metabolismo diminui consideravelmente quando você está imobilizado. Isso pode fazer com que os eletrólitos no seu corpo se tornem desequilibrados, o que pode causar problemas generalizados. A troca de gases e nutrientes também é afetada pela mudança no metabolismo. Alguns efeitos colaterais dessa mudança incluem náusea, indigestão e gases.

Tegumentar

Sua pele compõe o sistema tegumentar e pode ser negativamente impactada pela imobilização. Ferimentos por ficar muito tempo na cama são efeitos colaterais comuns ao fato de não poder sair da cama. Qualquer lugar que esteja submetido a uma pressão constante corre o risco de ter esses ferimentos. Qualquer ferimento ou corte na sua pele leva mais tempo a cicatrizar quando o seu corpo está imóvel. Inchaço também é um problema para aqueles que não podem se mexer, causado principalmente pelo aumento de fluido no copo devido à ineficiência do sistema genitourinário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível