Os efeitos de inseticidas em cachorros

Escrito por jennifer banfield | Traduzido por carolina rico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos de inseticidas em cachorros
Os efeitos de inseticidas em cachorros (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Inseticidas são pesticidas (substâncias usadas para matar pestes) e incluem quaisquer substâncias aplicadas a jardins e gramados para tratamentos tópicos para o animal de estimação. Cães que caminham em gramado tratado ou outros locais ficam expostos a esses venenos. Isso geralmente leva à ingestão dos inseticidas depois de lamber os pelos ou as patas. Consequências de envenenamento podem ocorrer pelos pesticidas contra pulgas e carrapatos aplicados diretamente no cachorro. Alguns estudos mostram uma correlação entre o uso do inseticida e certos tipos de câncer em cães.

Outras pessoas estão lendo

Diazinon

Pancreatite em cachorros pode ocorrer como resultado de contato acidental com o produto diazinon. Ele é usado em diversos produtos para matar insetos como baratas, formigas e pulgas. Morte celular, edema intersticial (edema) e vasculite (inflamação dos vasos sanguíneos) são evidências dessa doença.

Permetrina

Neurotoxidade (age sobre o sistema nervoso) ocorre a partir da exposição à permetrina. Ela é utilizada na agricultura, casa e jardim, bem como no controle de pragas florestais. Ela ainda é usada para controlar piolhos. A exposição a esse inseticida provoca uma série de sintomas, como irritabilidade, convulsões, irritação nos olhos e vermelhidão, inchaço e formação de bolhas na pele. Outros efeitos incluem danos ao sistema imunológico. Células desse sistema são danificadas e sua atividade é reduzida ou se tornam não funcionais. Permetrina também pode inibir a função do fígado do cão.

Arsênico

Arsênico pode provocar a morte antes que os sintomas sejam detectados. Esse inseticida é usado em iscas de caracol, venenos de formigas e outros pesticidas. Se ingerido, o hálito do cão terá um cheiro forte de alho. Os sinais de envenenamento por arsênico são sede, vômito, salivação excessiva, perda de equilíbrio, cólicas, diarreia, dor abdominal grave, paralisia e até a morte.

Fósforo

Envenenamento por fósforo também pode resultar em morte. Inseticidas para baratas podem incluir doses letais dele. Assim como o arsênico, o hálito de um cão pode cheirar à alho. Sinais de intoxicação incluem vômito e diarreia. Eles podem residir e reaparecer. Podem surgir cólicas, dor abdominal, vômito, convulsões e, eventualmente, coma.

Organofosfatos

Organofosfatos e carbamatos causam toxicidade em cachorros. Esses inseticidas são comumente usados em produtos para pulgas e carrapatos, que são geralmente aplicados à pele do cão. Reações adversas a esses inseticidas incluem febre, diarreia, vômito, convulsões, anorexia, depressão, tremores musculares, salivação, aumento da frequência cardíaca, pupilas contraídas, falta de coordenação e insuficiência respiratória, mas não estão limitadas a esses exemplos. Esses sintomas podem durar dias ou semanas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível