Os efeitos do Tribulus Terrestris

Escrito por paul favors | Traduzido por césar campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos do Tribulus Terrestris
Tribulus terrestris é uma planta utilizada como suplemento alimentar (planta image by Pepmiba from Fotolia.com)

Tribulus terrestris é o nome científico de uma erva, cujo extrato é utilizado como suplemento alimentar. A planta é mais comumente conhecida como Videira da Punctura, abrolhos, Videira Amarela ou Cabeça de Bode. Como suplemento alimentar, o suposto efeito é o aumento da produção de testosterona do corpo e da libido. É popular entre atletas e é particularmente usada por fisiculturistas em combinação com suplementos alimentares de hormônio esteróide para aumentar a força e a massa muscular. Na medicina tradicional chinesa e indiana, o extrato ou a forma seca é misturada com tônicos e usada como afrodisíaco, bem como remédio para o fígado, rins, sistema urinário e cardiovascular. A planta é chamada Bai Ji Li em Chinês, e em sânscrito, denomina-se gokshura.

Outras pessoas estão lendo

Produto químico ativo

Suplementos alimentares à base de Tribulus Terrestris contêm extratos da planta. Esses extratos possuem uma concentração de 40% a 45% de compostos químicos chamados furostanol saponinas, que são simplesmente uma classificação de esteróides produzidos naturalmente em plantas. O mais ativo e dominante destes compostos químicos é a protodioscina. O aumento da produção de testosterona e outros efeitos afrodisíacos do Tribulus Terrestris são, em grande parte, atribuídos à presença da protodioscina.

Ação

Os compostos químicos extraídos da planta Tribulus terrestris estimulam a liberação de hormônio luteinizante (LH) da glândula pituitária. LH é o hormônio essencial para a reprodução. Nos homens, ele age sobre as células de Leydig nos testículos, que produzem testosterona. Um efeito dos níveis elevados de testosterona é o aumento da geração de células de esperma e a mobilidade dos espermatozóides. A protodioscina também afeta a produção de dehidroepiandrosterona (DHEA), que é o esteróide mais abundante no corpo humano e vem das glândulas supra-renais. O corpo converte DHEA em hormônios de estrogênio e testosterona. Outra atividade que está ligada a protodioscina é a liberação de óxido nítrico das terminações nervosas no corpo cavernoso, que é o tecido erétil masculino. Tribulus terrestris é, dessa forma, também conhecido pelos seus efeitos benéficos para a ereção.

Disponibilidade

Complementos alimentares à base de tribulus terrestris são oferecidos em pó solúvel, geralmente embalados como suplementos de tribulus puro. Outros produtos também podem vir em comprimido, cápsula, em forma de extrato líquido e tintura. As variações deles combinam o extrato com outros suplementos nutricionais. O suplemento alimentar Tribulus não é uma droga sintetizada artificialmente.

Natureza dos efeitos

Os efeitos não são imediatos e só vão começar a aparecer após certo período de ingestão regular, normalmente de duas a três semanas. A dose diária recomendada de Tribulus é de 750 a 1.250 mg. Recomenda-se que a quantidade diária total seja dividida e tomada em momentos diferentes do dia, como na hora das refeições.

Efeitos colaterais

Os testes iniciais do extrato de Tribulus terrestris foram realizados em animais. O fornecimento de uma dosagem alta e constante do extrato mostrou o efeito oposto de diminuição de força e coordenação em animais de laboratório. Em humanos, cerca de 1 dentre 10 tiveram dor de estômago. Houve também o relato de um caso raro de ginecomastia, que é o aumento anormal das glândulas mamárias nos homens. No entanto, a maioria dos estudos não mostra nenhum efeito adverso ou tóxico significativo. O extrato aumenta os níveis de testosterona em cerca de 40%. O nível médio de testosterona nos homens é de 600 nanogramas por decilitro (ng/dL), mas com o uso de tribulus, este nível pode aumentar a 850 ng/dL, que ainda está dentro da faixa normal de 300 a 1.000 ng/dL.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível