A eficiência do Baytril no tratamento de abcessos

Escrito por angela brady | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A eficiência do Baytril no tratamento de abcessos
Os abscessos são um resultado comum de feridas (dog image by Bobi from Fotolia.com)

Abscessos são um problema complicado, especialmente se a ferida passa despercebida até que se rompa. O tratamento e a recuperação podem muitas vezes ser igualmente complicados se ​​a ferida precisar de drenos, mas um antibiótico de qualidade pode rapidamente curar a infecção, permitindo que drenos possam ser removidos antes. Frequentemente, os veterinários prescrevem Baytril para tratar tanto a infecção principal como a infecção secundária da ferida aberta, mas ele nem sempre é eficaz.

Outras pessoas estão lendo

O que é abscesso?

Quando um animal se fere, as células brancas do sangue correm para o local da perfuração para começarem a combater a infecção de bactérias invasoras. Muitas vezes, a superfície da pele cura-se rapidamente, deixando as bactérias retidas por baixo da superfície. A camada subcutânea da pele é quente e úmida, o que o torna um ambiente perfeito para a multiplicação de bactérias. Como as bactérias se multiplicam, a bolsa sob a pele se expande para abrir espaço para os pus produzido quando os glóbulos brancos morrem. E por fim, o local da ferida incha e rompe-se, derramando uma grande quantidade de pus carregado de bactérias.

Tratamento do abscesso

Abscessos menores podem exigir apenas uma ou duas rodadas de antibióticos, mas a maioria dos veterinários preferem colocar um dreno cirurgicamente para manter a ferida parcialmente aberta e permitir que o pus escape enquanto a infecção sara. O tipo de antibiótico prescrito depende do tipo de bactéria que infectou a ferida. Muitas vezes, primeiramente é prescrito um antibiótico de largo espectro, e na maioria das vezes, ele funciona. Em alguns casos, o veterinário pode ter que executar um exame de cultura bacteriana e um teste de sensibilidade sobre os pus para determinar com exatidão qual é a bactéria e a qual antibiótico ela é sensível.

O que é o Baytril?

Baytril é uma fluoroquinolona, que é uma quinolona com adição de flúor. As quinolonas foram descobertas em 1962 como um subproduto de drogas experimentais para o tratamento da malária, e só eram eficazes contra as bactérias Gram-negativas. No final dos anos 70, foi adicionado o flúor, o que tornou possível que o medicamento pudesse combater as bactérias Gram-positivas também, e permitiu que a droga fosse distribuída de forma mais eficaz em todo o corpo.

A eficácia do Baytril

Baytril trata a maioria bactérias patogênicas Gram-positivas e Gram-negativas, incluindo a estafilococos, E. coli e os micoplasmas, e mata tanto as bactérias estáticas quanto as que se reproduzem. A molécula de fluoroquinolona atravessa facilmente as membranas celulares, permitindo que ela "persiga" as bactérias onde quer que elas forem. O Baytril pode até mesmo penetrar o pus e o tecido inflamado.

A segurança do Baytril

Tal como acontece com qualquer antibiótico, o Baytril pode causar vômitos, se administrado com o estômago vazio, mas ele não afeta a flora intestinal. É uma droga segura para animais com o sistema imunológico comprometido, a resistência a ele se desenvolve lentamente, isso se acontecer. A sobredosagem é quase impossível, porque o animal vai vomitar a droga muito antes de uma dose tóxica ser atingida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível