Como elaborar uma análise comparativa

Escrito por ehow contributor | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Poucos estudantes universitários conseguem escapar do infame artigo com uma análise comparativa, também chamado de "ensaio de comparação e contraste". Este coadjuvante acadêmico requer que você faça uma comparação de dois assuntos – quer seja analisando duas políticas governamentais diferentes, ou dois sonetos de Shakespeare diferentes. A chave para escrever uma análise comparativa de sucesso é estabelecer uma boa tese e um esquema de organização, antes de começar a escrevê-la. Neste artigo você encontrará mais informações sobre a elaboração de uma análise comparativa.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Comece com uma estrutura de referência, uma base de comparação. Às vezes, esta base é fornecida, quando lhe é pedido que você compare especificamente o uso de propaganda em dois governos diferentes, ao invés de apenas comparar os dois governos, ou quando você precisa comparar a forma como um escritor usa as descrições físicas para caracterizar dois de seus protagonistas, em vez de apenas comparar esses personagens. Se o seu professor não fornecer um meio específico de comparação, você vai precisar estabelecer sua própria base.

  2. 2

    Faça uma lista das semelhanças e diferenças entre as duas coisas que você está comparando. Durante este processo, lembre-se de que, a partir deste exercício, seu objetivo será o de elaborar uma tese, uma discussão sobre como as duas coisas são semelhantes e/ou diferentes.

  3. 3

    Escreva sua tese. Antes de apresentar uma tese, você pode fazer um brainstorming (uma metodologia de exploração de ideias, para obter as melhores soluções de um grupo de pessoas) ou usar outra técnica de pré escrita como o clustering (técnica para fazer agrupamentos automáticos de dados segundo seu grau de semelhança). Outra boa maneira de encontrar uma tese forte é discutir o tema com outro colega, e trocar ideias com ele.

  4. 4

    Elabore o esboço do restante do seu artigo, utilizando uma das seguintes formas eficazes para organizar uma análise comparativa. Uma delas é escrever vários parágrafos sobre o primeiro assunto, e depois alguns parágrafos sobre o segundo que você está comparando com o primeiro, mencionando as semelhanças e as diferenças. A outra forma é escrever um parágrafo sobre o primeiro assunto, e depois um sobre o segundo, mencionando como o segundo difere ou é semelhante ao primeiro. Você repete este processo de alternância de um assunto para o outro, até que você tenha abordado todas as semelhanças e diferenças que deseja comparar e contrastar.

  5. 5

    Escreva uma conclusão que analise o sentido daquilo que você discutiu nos parágrafos anteriores e que reforce a sua tese.

  6. 6

    Revise cuidadosamente seu trabalho, antes de enviá-lo. Também certifique-se de ter citado todas as fontes corretamente, usando o estilo APA (American Psychological Association) ou MLA (Modern Language Association), ou qualquer guia de estilo solicitado por seu professor.

Dicas & Advertências

  • Leia alguns artigos de análise comparativa antes de elaborar um, assim você vai entender o estilo.
  • Converse com seu professor e/ou instrutor assim que começar a pensar em ideias para o seu artigo. O melhor momento para obter ajuda em um trabalho de elaboração de texto é durante o processo de composição, e não após ter feito o primeiro esboço. É melhor adquirir conhecimento sobre o tema, antes de começar a redigi-lo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível