on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como elaborar um orçamento flexível

Atualizado em 21 novembro, 2016

Para empresas ou sistemas financeiros que não possuem despesas gerais ou individuais definidas, elaborar um orçamento flexível é uma boa opção para controlar melhor as finanças e expectativas de renda. Um orçamento fixo ou estático é útil para os ocasiões em que você possui um valor definido de custos e despesas, mas um orçamento flexível deve ser usado para discrepâncias e variáveis que não sejam totalmente previsíveis. Dependendo da natureza de seu negócio ou fatura, o procedimento de criação de um orçamento flexível pode mudar, mas os princípios básicos são sempre os mesmos.

Instruções

Elabore um orçamento flexível considerar as imprevisibilidades (money, counting device image by Astroid from Fotolia.com)
  1. Coloque os custos e despesas conhecidas. Determine seus custos fixos e despesas gerais, como aluguel, taxas e salários de funcionários. Essa será a parte estática de seu orçamento flexível.

    Loading...
  2. Determine quais são os custos desconhecidos ou variáveis, como produção, materiais, serviços e equipamentos. Embora não seja possível determinar exatamente quais serão os gastos com produção e materiais, examine os custos anteriores para ter uma boa noção.

  3. Faça uma estimativa de sua renda ou faturamento planejado para determinar quanto dinheiro estará em caixa.

  4. Compare esse orçamento com as despesas, custos e rendas prévias em seus registros para determinar a razoabilidade do orçamento flexível. Além disso, reavalie-o mensalmente ou quinzenalmente.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...