×
Loading ...

Elementos de um filme de terror

Atualizado em 17 abril, 2017

Os filmes de terror são populares, especialmente no Dia das Bruxas, mas não existe uma definição fácil de um filme de terror. Alguns filmes de terror contêm monstros e sangue. Outros capturam o elemento emocional do terror sem realmente mostrar qualquer tipo de violência na tela. No entanto, existem alguns elementos básicos que podem ser encontrados em muitos — mas não todos — os filmes desse gênero.

Os filmes de terror contêm elementos de medo e suspense (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Resposta emocional

A maioria dos filmes de terror tenta provocar uma resposta emocional específica. As emoções óbvias associadas ao terror são o medo, o horror e o pavor. Os filmes de terror assustam as pessoas, mesmo que esse medo venha de um elemento sobrenatural na história ou da ciência de que o que aconteceu no filme poderia acontecer com você. Outros elementos emocionais de um filme de horror incluem a repulsa e uma sensação de impotência. No entanto, alguns filmes que não fazem parte do gênero podem provocar essas emoções também. Por exemplo, as cenas mais intensas em dramas criminais como "O Poderoso Chefão", "Os Bons Companheiros" e "Scarface" despertam essas emoções.

Loading...

Monstro

Nem todo filme de terror tem um monstro, mas muitos têm, e isso é às vezes considerado o seu próprio gênero. Um monstro pode assumir várias formas, mas quase sempre representa um vilão para os protagonistas enfrentarem ou fugirem. Exemplos de monstros quase reais incluem o tubarão em "Tubarão", a cobra em "Anaconda" ou o crocodilo em "Pânico no Lago". Os monstros também vêm em forma de assassinos em série, como Jason Voorhees de "Sexta-Feira 13", Michael Myers em "Halloween" ou Leatherface de "O Massacre da Serra Elétrica". Às vezes, o monstro é uma criatura sobrenatural, como o Drácula, o monstro de Frankenstein, a Múmia e o Lobisomem.

Violência

Dependendo classificação do filme, alguns filmes de terror são definidos pelo seu nível de violência. O gênero combativo que começou com "Halloween" e era extremamente popular na década de 1980 contou com mortes criativas e sangrentas. Às vezes, os filmes de terror que são classificados para maiores de 18 anos são mais populares do que os para 13 anos, porque os fãs de horror esperam um certo nível de violência. Além disso, alguns diretores, como Lucio Fulci, Mario Bava e Dario Argento foram pioneiros em sub-gêneros inteiros de filmes de terror, neste caso em filmes de terror giallo, que eram conhecidos por sua violência realista.

Elementos das trevas

Muitos filmes de terror incluem elementos das trevas, seja na trama, no personagem ou no projeto de produção. Os filmes de terror góticos dos anos 30 e 40, incluindo o "Drácula" original da Universal, são conhecidos pelo seu design escuro. Filmes mais recentes, como "Insidious" e a série "Jogos Mortais", usaram seus elementos escuros de projeto na publicidade, no design da produção e nos efeitos especiais.

Gêneros recentes

Ao longo dos anos, novos gêneros de horror têm sido desenvolvidos, e cada um tem seus próprios elementos centrais. O terror com tortura, que inclui pessoas inocentes presas em uma atmosfera como um calabouço e torturadas, era popular na primeira década dos anos 2000, representado por filmes como "O Albergue" e "Jogos Mortais". Também no início de 2000, vários filmes de terror asiáticos foram refeitos por Hollywood. Filmes como "O Chamado" e "O Grito" contaram com elementos mais sombrios de histórias de fantasmas e vingança. Finalmente, filmes de terror de ponto-de-vista tornaram-se populares com a disponibilidade do vídeo doméstico. "A Bruxa de Blair" foi o primeiro grande filme de terror popular, contado em primeira pessoa com uma câmera. Outros filmes como estes incluem "Quarentena" e os filmes da série "Atividade Paranormal".

Filmes discutíveis

Nem todo filme se encaixa perfeitamente em um gênero, e até mesmo especialistas de cinema e fãs discutem se alguns filmes são realmente filmes de terror. Além disso, alguns filmes não são comercializados como filmes de terror, já que os cineastas têm medo que a associação com o gênero de ficção possa impactar a sua credibilidade. Exemplos de tais filmes incluem filmes premiados como "O Silêncio dos Inocentes" e "Cisne Negro". Ambos os filmes incluem elementos de terror, mas foram comercializados como filmes de drama. Outros filmes discutíveis incluem filmes de crimes reais como "A última casa à esquerda" e "Irreversível", que não incluem todos os elementos sobrenaturais, mas provocam uma reação emocional similar à dos filmes de terror.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...