Mais
×

Elementos que podem valorizar o preço da sua propriedade

Martin Poole/Photodisc/Getty Images

Introdução

O boom imobiliário e a melhoria na renda familiar vêm gerando um aumento de preços e ofertas de aluguel e venda de casas, apartamentos e empreendimentos residenciais no Brasil. Com tantos imóveis disponíveis no mercado, com valores para todos os bolsos, ganham a preferência do consumidor os empreendimentos com mais vantagens e melhorias agregadas ao imóvel. Pequenos reparos e reformas podem aumentar o valor do imóvel em até 20%. Portanto, valorize seu imóvel para atrair mais compradores ou inquilinos e vender sua propriedade rapidamente e por um bom valor. Confira as dicas.

John Foxx/Stockbyte/Getty Images

Telhados e instalações hidráulicas

Um dos maiores medos dos compradores e inquilinos é adquirir uma casa com infiltrações. Se elas estão aparentes, a chance de vendê-la cai sensivelmente. Antes de colocar seu imóvel no mercado, verifique se os telhados estão íntegros, sem telhas quebradas ou com problemas no madeirame, para evitar entrada de água da chuva. Faça também uma revisão nos canos e nas instalações hidráulicas da casa ou do apartamento para garantir que não haja furos e vazamentos dentro ou fora do imóvel. Conserte o que for necessário e repare os sinais de infiltração nas paredes e teto, se houver.

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Instalações elétricas

Outro item no qual qualquer comprador ou inquilino minimamente experiente sempre repara antes de fechar negócio é a instalação elétrica. Cabos e fios remendados, tomadas e interruptores que não funcionam, além de indicar desleixo, são um perigo para a segurança da casa. Uma revisão minuciosa feita por um profissional em todas as tomadas e instalações elétricas não custa muito caro e facilitará a decisão de um possível comprador ou inquilino, já que ele não terá surpresas desagradáveis na hora de entrar no imóvel.

Creatas/Creatas/Getty Images

Pintura

A primeira impressão é a que fica, e a primeira coisa que qualquer um repara ao entrar em um imóvel é na cor das paredes. Mesmo que seja uma das reformas mais simples e comuns de fazer, a pintura é o que mais decide a compra ou o aluguel. Paredes sujas ou pintadas com cores estranhas são determinantes para fazer qualquer comprador ou inquilino desistir, principalmente por não conseguir visualizar como o imóvel ficaria com outra cor. Se for possível pintar a casa, use cores claras que deem um aspecto limpo e iluminem o local.

Jupiterimages/Creatas/Getty Images

Portas e janelas

Portas e janelas quebradas, mal conservadas, que não fecham, emperram ou fazem ruídos são outros elementos que definem um apartamento ou casa com potencial de negócio. Uma manutenção simples e periódica das dobradiças, trilhos e trancas, além da checagem da vedação das janelas e verificação de eventuais trincos ou vidros quebrados, garantem uma maior economia nos gastos com climatização do ambiente. Além disso, mostram atenção e cuidado com os detalhes da casa. Muitas vezes, apenas uma boa lubrificação já resolve e ganha muitos pontos com os potenciais moradores. Uma mão de tinta ou verniz também ajuda.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Pisos e azulejos

Os potenciais moradores procuram em geral facilidade de manutenção e limpeza do apartamento. Logo, pisos e azulejos muito velhos e ultrapassados, escuros, encardidos ou com rejunte escurecido causam uma impressão ruim. Uma opção para evitar grandes reformas é a pintura com tinta epóxi específica para azulejos. A raspagem do rejunte velho também melhora o aspecto do azulejo. O mesmo vale para pisos de madeira, laminados e carpetados: se for possível investir em um sinteco para reavivar o brilho e a cor da madeira ou em uma limpeza profunda nos tapetes e carpetes, você verá seu imóvel se valorizar instantaneamente.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Armários e marcenaria

Para quem pode investir um pouco mais, os armários e closets de marcenaria feitos sob medida com materiais de qualidade são um dos maiores potencializadores do valor do imóvel e aceleram muito a venda ou aluguel, já que economizarão semanas ou meses de trabalho para o próximo morador e permitirão que ele se mude rapidamente com algum conforto. Dê preferência a armários claros e neutros, que possam ser adaptados a qualquer tipo de decoração ou necessidade do morador. O mesmo vale para os puxadores e acabamentos: quanto mais simples e sóbrios, melhor.

Siri Stafford/Photodisc/Getty Images

Evite personalizar demais

Da mesma forma que móveis sob medida mais "clean" ganham a preferência de um futuro inquilino ou comprador, ao personalizar seu apartamento, lembre-se de não perder a mão nas reformas para não dificultar a venda depois. Sancas rebuscadas, papel de parede exagerado, azulejos muito exóticos, móveis projetados com acabamentos muito específicos e louças e metais nada básicos podem espantar interessados. Se a reforma for complexa demais para ser desfeita pelo próximo morador, não faça. Reflita sua personalidade em elementos mais fáceis de ser mudados, como pintura ou decorações que possa levar com você ao se mudar.

Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Iluminação

A iluminação é um item essencial na hora de definir a compra ou o aluguel de um imóvel, pois valoriza os traços arquitetônicos do ambiente e trazem uma sensação de conforto e aconchego. Salas e quartos podem abusar da iluminação indireta e cálida, com plafons, arandelas e spots de luz embutidos direcionados a determinadas partes do cômodo. Já a cozinha e os banheiros devem receber luz direta e clara, com preferência a mais de um ponto com luminárias fluorescentes. Se o imóvel receber muita luz externa, use cortinas de voil para filtrar um pouco o sol mas mantendo a claridade do ambiente.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Valorize os pontos fortes da casa

O próximo inquilino ou comprador deve se apaixonar de cara pelo que o seu imóvel tem de positivo. Portanto, valorize e destaque o que a sua casa tem de melhor: se é a luz externa, abra as janelas e deixe o ambiente arejado ao receber a visita dos possíveis moradores. Se a sala é ampla, deixe-a livre de objetos que atrapalhem a visão. Ou ainda, se há uma varanda, acrescente plantas e flores para fazer o morador se sentir fora de casa. Repare no que seu imóvel tem de diferente dos outros e "venda" o seu peixe.

ULTRA F/Photodisc/Getty Images

Deixe o imóvel atraente para o próximo morador

A psicologia é importante até mesmo para determinar uma transação tão racional e definitiva como a compra ou o aluguel de um imóvel. Por isso, não basta apenas realizar reformas ou ajustes estéticos: tente gerar também um vínculo emocional do possível comprador com o imóvel. Antes das visitas, realize uma limpeza e uma arrumação profunda se a casa estiver mobiliada ou ainda houver moradores. Abra janelas para sentir a luminosidade, deixe o ar circular, coloque perfumes de ambiente, crie um clima aconchegante. O importante é fazer o visitante se imaginar vivendo ali e se apaixonar à primeira vista.