Como a eletrodeposição de ouro é feita?

Escrito por egon schiele | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como a eletrodeposição de ouro é feita?
A eletrodeposição de ouro funciona pela deposição de uma fina camada de ouro na superfície de um objeto (gold image by Michael Homann from Fotolia.com)

A eletrodeposição de ouro envolve depositar uma fina camada de ouro na superfície de outro metal e então usar um processo eletroquímico para torná-lo permanente e ligado à superfície. Isso é usado para fins decorativos e para eletrônicos.

Outras pessoas estão lendo

História

O começo da história da eletrodeposição pode ser traçado até meados de 1800, quando um químico italiano usou o processo de eletrodeposição de ouro, e perto de 1805 ele foi capaz de depositar vários metais prateados. O processo foi aperfeiçoados por volta de 1840, na Inglaterra e na Rússia, e depois espalhado pela Europa e pelos Estados Unidos.

Processo

A eletrodeposição usa uma corrente elétrica para recobrir um objeto de metal condutor com uma fina camada de outro metal. Isso muda as propriedades físicas e químicas de objeto sendo recoberto. Funciona colocando-se uma carga negativa no objeto e depois colocando-o em contato com uma solução que contém o sal de um metal. Quando os íons metálicos de carga positiva são atraídos ao objeto, uma ligação metálica é formada.

Usos em joias

Um dos principais usos desse processo é na fabricação de joias. Geralmente cobre e prata são usados como base e com o tempo átomos desses metais se difundem para dentro da camada de ouro. Isso causa uma diminuição da cor do ouro na superfície. Joias banhadas a ouro têm a vantagem de serem de serem substancialmente mais baratas do que as de ouro e o processo parece ser mais efetivo quando a prata é usada como base.

Usos em eletrônicos

Eletrodeposição de ouro é usada em eletrônica para criar uma camada que é tanto condutora de eletricidade quanto resistente à ferrugem. É frequentemente usado com cobre, que é um metal muito corrosível e é usado em conectores elétricos e em placas de circuito. Como com as joias, o usos de ouro em eletrônica é muito motivado pelo preço do ouro e o metal usado na eletrodeposição pode ser frequentemente recuperado e reciclado.

Problemas

Apesar da eletrodeposição ser muito efetiva na criação de uma ligação, com o tempo o metal que foi recoberto pode aparecer. Um problema adicional é que alcançar uma uniformidade da espessura da deposição pode ser um desafio algumas vezes, especialmente em sulcos e cantos. A tecnologia moderna adaptou especificamente o centenário processo de eletrodeposição para evitar esses problemas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível