Como elevar o pH na aquaponia

Escrito por jason williams | Traduzido por erick vasconcelos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como elevar o pH na aquaponia
Aumentos pequenos de conchas do mar podem aumentar o pH de um sistema de aquaponia (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Um sistema de aquaponia é uma combinação de aquacultura e hidroponia, usa o mesmo fornecimento de água para sustentar animais aquáticos e um jardim de plantas. Uma vez que animais e plantas diferem em níveis de pH, um sistema aquapônico normalmente é mantido numa faixa estreita de pH, entre 6,8 e 7,2, como meio-termo que seja benéfico para ambos os tipos de organismo. O pH de um sistema diminui gradualmente com o tempo devido a processos químicos causados por bactérias benéficas e o biofiltro do sistema, então o pH deverá ser manualmente aumentado periodicamente.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Kit de teste de água
  • Hidróxido de cálcio (cal hidratada)
  • Hidróxido de potássio (potassa cáustica)
  • Balde
  • Óculos de segurança
  • Luvas de borracha

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Use um kit de testes da água para verificar o pH do sistema; só é necessário aumentá-lo se estiver abaixo de 6,8.

  2. 2

    Acrescente uma pequena quantidade de hidróxido de cálcio (cal hidratada) a um balde de água e misture. Coloque o conteúdo do balde gradualmente no sistema durante todo o dia. Misture o balde antes de cada aplicação.

  3. 3

    Verifique o pH 12 horas depois para determinar a mudança. Use menos hidróxido de cálcio na próxima aplicação se o pH tiver aumentado mais de 0,2 desde o último tratamento. Use mais hidróxido de cálcio se o pH aumentou menos de 0,2. Se o pH aumentou cerca de 0,2, use a mesma quantidade.

  4. 4

    Repita o tratamento com hidróxido de cálcio todos os dias, ajustando a quantidade conforme necessário entre as aplicações, até que o pH do sistema esteja entre 6,8 e 7,2.

  5. 5

    Continue testando o pH do sistema diariamente. Na próxima vez que o sistema estiver com pH abaixo de 6,8, substitua o hidróxido de cálcio por hidróxido de potássio (também conhecido como potassa cáustica). Use o mesmo método de diluição usado para o hidróxido de cálcio. Continue a alternar entre os dois compostos químicos para tratamentos subsequentes.

Dicas & Advertências

  • É importante que o pH seja modificado devagar para evitar sobrecarregar as plantas e animais do sistema. Comece com pequenas quantidades de cal hidratada ou potassa cáustica e aumente a dosagem devagar se necessário. É melhor ter que aumentar gradualmente a dosagem por vários dias ou semanas do que aumentar demais o pH de uma vez e matar suas plantas ou peixes
  • Introduzir conchas marinhas, calcário ou outras pedras carbonadas ao tanque de peixes pode aumentar devagar o pH com o tempo e a dissolução, mas a natureza imprevisível do processo requer o monitoramento cuidadoso do sistema para evitar aumentos súbitos. Mantenha as conchas numa bolsa porosa (como meias de nylon) para que sejam facilmente removidas se o pH aumentar demais e remova quaisquer pedras calcárias que estejam presentes no tanque.
  • O hidróxido de potássio pode causar problemas sérios se ingerido, inalado ou exposto direto à pele. Use luvas de borracha e óculos de segurança quando estiverem lidando com ele a todo momento. Guarde-o em segurança quando não estiverem em uso. Tenha cuidado e coloque-o devagar na água e use um objeto inerte (como uma vara) para misturá-lo.
  • Evite o uso do bicarbonato de sódio para tratar o pH porque ele pode machucar as plantas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível