Como eliminar a fumaça em fogões a lenha

Escrito por michael hinckley | Traduzido por ricardo onohara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como eliminar a fumaça em fogões a lenha
Aquecimento a fogão a lenha (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Aquecer a casa com madeira tem se tornado recentemente uma alternativa atrativa para muitos americanos em relação ao alto custo de aquecimento à base de petróleo. Os modernos fogões a lenha são muito eficientes, contudo, às vezes, um problema pode surgir. Se você tem pouca experiência com esse tipo de fogões e está se deparando com uma quantidade perturbadora de fumaça em sua casa, algumas dicas simples podem fazer com que seu fogão funcione em boas condições e deixe sua casa livre da fumaça indesejada de imediato.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fogão a lenha
  • Acendedor e pinças de lareira
  • Aferidor de temperatura

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Verifique os abafadores. Eles existem tanto no fumeiro (a chaminé) quanto na frente e/ou na lateral do fogão. Se, às vezes, a chama não estiver quente o suficiente para queimar de novo o excesso de carbono na fumaça da queima inicial, pode vazar fumaça com fuligem pelos abafadores frontais e laterais. Feche seus abafadores frontais e abra o abafador do cano da chaminé até que o fogo atinja pelo menos a temperatura de 200 ˚C, e depois de atingir esta temperatura feche-o e abra o abafador frontal e o lateral.

  2. 2

    Obtenha uma queima mais quente e prolongada. As madeiras de lei tendem a queimar com maior intensidade por períodos mais longos. Os carvalhos (vermelho, branco e verde) são a madeira escolhida na maioria dos fogões. Eles alcançarão temperaturas maiores e estimularão a queimar de novo o carbono da fumaça, resultando em menores chances de produzir fumaça. Se você queimar madeira conífera, tal como pinheiro, ou uma madeira de lei mais macia, então você terá que utilizar mais madeira e esperar mais tempo para que o fogão alcance no mínimo a temperatura de 200 ˚C, ponto em que a queima deve ser sem fumaça.

  3. 3

    Verifique o vidro. Muitos fogões a lenha têm vidros na parte da frente que, embora tratados, podem rachar. Caso o vidro rache, ele ficará cada vez pior conforme a expansão e contração do fogão explorarem essa fraqueza, permitindo assim que mais fumaça entre no ambiente. Entre em contato com o revendedor ou fabricante do fogão para substituir o vidro.

  4. 4

    Verifique o fumeiro e a chaminé. Às vezes, rachaduras e outras falhas podem aparecer nessas duas partes do fogão, permitindo que a fumaça vaze para dentro de casa ao invés de ser jogada para fora. Enquanto seu fogão estiver aceso, verifique (mas não o toque com as mãos desprotegidas) a chaminé e o fumeiro por nuvens de fumaça. Se achar fendas no fumeiro, há kits de conserto para altas temperaturas que podem funcionar. Entretanto, se encontrar grandes aberturas, entre em contato com a pessoa ou empresa que instalou a chaminé para consertar o problema. No caso de ter sido instalada por você, deixe o fogão esfriar antes de instalar novamente o fumeiro.

Dicas & Advertências

  • Sempre considere que um fogão esteja quente a não ser que não haja fogo nele há pelo menos um dia. Cobre, ferro e outros materiais do fogão podem reter o calor por um período de tempo surpreendente e causar queimaduras em mãos desprotegidas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível