Como eliminar o mau hálito

Escrito por lars tramilton | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como eliminar o mau hálito
Não deixe o mau hálito dominar sua vida (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Todos já passaram, alguma vez na vida, pelo desconforto de falar com alguém que tem um caso terrível de mau hálito. Se desconfiar que esse é o seu caso, não é preciso se sentir nervoso e humilhado em situações sociais. Livrar-se do mau hálito (também conhecido cientificamente como halitose) pode ser relativamente fácil e rápido.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Pratique uma boa higiene oral. Quando seus pais insistiam para que os dentes fossem escovados completamente após cada refeição, eles estavam absolutamente corretos. Muitos casos de mau hálito resultam de restos de bactérias e partículas de alimentos em decomposição que sobram na boca, desde na língua até entre os dentes. Escove bem os dentes logo após cada refeição, se possível, depois de acordar e antes de ir para a cama. A escovação deve durar entre dois a três minutos, além de abranger também a superfície da língua. Além disso, use fio dental regularmente para eliminar os alimentos presos nos vãos dos dentes, que são vilões comuns do mal hálito. Se houver necessidade de uma resposta mais rápida, faça um bochecho com enxaguante bucal.

  2. 2

    Beba bastante água. Ela traz muitos benefícios, desde manter a pele hidratada até ajudar no metabolismo. Ela também pode ajudar a manter o hálito limpo e fresco. Quando uma pessoa está com bafo, muitas vezes ele é desencadeado pela presença de bactérias anaeróbicas. Elas possuem a habilidade de quebrar açúcares e proteínas e transformá-los em compostos voláteis de enxofre, que são responsáveis por odores desagradáveis. Essas substâncias agem bem em ambientes secos, então beba bastante água para combatê-las.

  3. 3

    Masque chiclete. Uma técnica que não exige muitos esforços para eliminar o mau hálito é o chiclete (contanto que ele não tenha açúcar, já que os que possuem podem causar cáries mais tarde). Essa é uma excelente opção que se pode usar quando não se tem acesso a uma escova de dentes. Por exemplo, uma pessoa que tem uma refeição em um restaurante e precisa continuar o resto de seu dia, pode simplesmente colocar um chiclete sem açúcar na boca e manter o hálito fresco, limpo e com cheiro de menta.

  4. 4

    Faça algumas mudanças principais na dieta. Vários fatores nutricionais também podem contribuir para a halitose. Por exemplo, reduza o consumo de cafeína e álcool, ambos causadores de mau hálito. Tente focar em alimentos que são ricos em fibras, como macarrão integral, frutas frescas (como framboesas), ervilhas e feijão preto.

  5. 5

    Pergunte ao seu dentista sobre a possibilidade de uma doença oral. Muitas delas podem ser a causa da halitose. Marque um check-up com seu dentista e pergunte-o sobre isso. Uma doença que é frequentemente associada com o mau hálito é a gengivite. Se sua gengiva possuir algum problema sério, é possível que se precise consultar um periodontista para opções de tratamento. Algumas indicações possíveis dessa doença incluem dentes sensíveis ou moles, gengivas inchadas e dor na mastigação.

Dicas & Advertências

  • No caso de mau hálito em usuários de dentaduras, é preciso levar em consideração a possibilidade de que não estejam limpando-a com a frequência adequada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível