Como eliminar sedimentos de cerveja caseira

Escrito por ryan voss | Traduzido por wladimir d. uszacki
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como eliminar sedimentos de cerveja caseira
Eliminar os sedimentos da cerveja caseira garante um aproveitamento melhor da bebida (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Devido ao esforço e equipamentos caros envolvidos na filtragem da cerveja, a maioria dos fabricantes caseiros deixa suas cervejas não filtradas e turvas. Essa opacidade e sedimentos na maioria das cervejas caseiras são perfeitamente inofensivos (e podem fornecer mais nutrientes), mas pode ser frustrante para algumas pessoas, e outras simplesmente preferem o visual de uma cerveja límpida. Felizmente para essas pessoas, há muitas coisas que podem ser feitas durante o processo de fermentação para se livrar de quase toda a opacidade e dos sedimentos.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Equipamentos básico de fabricação caseira
  • Musgo irlandês
  • Resfriador de mosto
  • Coador fino grande
  • Tanque de fermentação secundário
  • Gelatina neutra

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Adicione 1 colher de chá de musgo irlandês ao seu mosto (a água e o extrato de malte antes da fermentação) durante a ebulição. Ele não terá qualquer impacto perceptível no sabor, mas vai ajudar a livrar-se de sujeiras mais tarde. Musgo irlandês é vendido em lojas de insumos, tanto na forma em pó, como pequenos comprimidos (um comprimido é igual a 1 colher de chá de pó).

  2. 2

    Resfrie seu mosto o mais rápido possível após a ebulição. Para fazer isso, você vai precisar de um resfriador de mosto especializado, amplamente disponível em lojas de fabricação caseira. Existem duas variedades principais de resfriadores: os de imersão e de placas; ambos ajudarão a tirar partículas flutuantes de sua cerveja. Resfriar rapidamente o mosto ajuda a fazer com que as proteínas na solução caiam ao fundo do recipiente, onde é mais fácil mantê-las fora do fermentador.

  3. 3

    Despeje o mosto no fermentador através de um grande coador fino. Isso vai ajudar a filtrar detritos maiores, como pedaços flutuantes de lúpulo ou grãos de malte individuais (se usou um saco de grãos de especialidade). Certifique-se de limpar e higienizar o filtro tanto quanto o resto de seu equipamento de fabricação caseira para evitar contaminar a cerveja.

  4. 4

    Passe a cerveja para um tanque de fermentação secundário após a fermentação ter sido concluída. Trate esse tanque exatamente como o primeiro tanque de fermentação, e permita que ela sente no tanque secundário por pelo menos uma ou duas semanas. Esse período vai condicioná-la, fazendo com que as partículas e muito da levedura gasta caiam no fundo. Adicione gelatina neutra à mistura quando transferi-la para esse tanque. Para isso, misture a gelatina com 1 xícara de água durante 20 minutos, aqueça a mistura até chegar perto do ponto de ebulição, deixe resfriar e depois despeje dentro. As proteínas na gelatina se ligarão a outras partículas que flutuam na cerveja e as carregarão para o fundo do tanque.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível