×
Loading ...

Enraizador de plantas caseiro

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Enraizadores caseiros podem ser construídos a partir de quase qualquer coisa, junto com um pouco de imaginação e criatividade. Garanta que, independente do tipo de recipiente que você usar, o enraizador tenha pelo menos 10 cm de profundidade para que as raízes possam crescer até o comprimento adequado. Algumas plantas que respondem bem à enraização estimulada pela água são quaisquer tipos de hera, trepadeiras, philodendron, coleus e hortelã. Várias ervas e flores anuais também são facilmente enraizadas na água.

Aprenda a transformar lâmpadas em estilosos vasinhos de plantas (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Arte em janelas

Vá a uma loja e encontre dois ou três vasos leves ou qualquer recipiente de formato parecido, que possam conter água e que você ache atrativos para suas estaquias. Você também irá precisar de 60 a 90 cm de fio de cobre de 2 mm e de fio de náilon. Enrola uma ponta do fio de cobre abaixo da borda do seu recipiente. Você pode precisar de alicates para auxiliar a entortar e encaixar de forma justa o arame, garantindo a firmeza do arranjo. Repita o procedimento nos vasos seguintes, usando a imaginação para criar formas entre os vasos. Tenha em mente o peso total de seu arranjo, uma vez preenchidos os vasos com água; normalmente de dois a três vasos podem ser suportados sem maiores problemas pelo fio de náilon. Amarre a linha às extremidades do fio de cobre e pendure o arranjo em um gancho defronte a uma janela (você pode amarrar firmemente em um prego ou na trava da janela ao invés de utilizar um gancho).

Desenhe um projeto para seus arranjos antes de começar para que você tenha uma ideia de como o projeto deve ser construído e com o que deverá se parecer. Você pode adicionar contas e flores secas ao fio para ornamentação.

Loading...

Recicle lâmpadas

Use suas lâmpadas queimadas como enraizadores; você pode usá-las da mesma forma que os vasos, presas em fio de cobre. Você precisará desmontar a lâmpada, o que deve ser feito com cuidado, pois o material em questão é um vidro muito fino.

Seja cauteloso ao desmontar a lâmpada; sempre envolva-a em uma toalha para proteção, caso quebre. Segurando a lâmpada coberta firmemente com uma das mãos, use alicates de bico fino para agarrar o ponto de solda — o biquinho preto da parte metálica da lâmpada — e comece a girar; as partes não devem resistir muito à tentativa de separação. Use uma chave de fenda para quebrar os filamentos e tubos no interior, manuseando a lâmpada de maneira firme mas não bruta, e tenha cuidado ao quebrar os componentes. Jogue tudo em um descarte apropriado, raspe gentilmente o interior para remover partículas sobressalentes e nunca coloque os dedos no interior do bulbo, pois a chance de corte é alta. Tudo que deve restar é a lâmpada e a borda de metal. Jogue um pouco de sal no interior e chacoalhe para limpar o revestimento interno, enxágue com água e você terá em mãos um descolado enraizador de plantas para alojar suas mudas.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...