Como enraizar galhos de árvores frutíferas

Escrito por robert howard | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como enraizar galhos de árvores frutíferas
A estaquia de galhos de árvores frutíferas é uma excelente maneira de propagar essas árvores (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O enraizamento de estacas de árvores frutíferas existentes oferece maravilhosas oportunidades para o cultivo de novas árvores em seu jardim ou pomar. Com alguns ingredientes, cuidado e paciência, você alcançará bons níveis de sucesso na propagação de árvore frutíferas.

Nível de dificuldade:
Moderado

O que você precisa?

  • Tesoura de poda
  • Hormônio enraizador
  • Vasos de plástico de 10 cm
  • Mistura de cultivo (vermiculita ou terra arenosa)
  • Cloche de jardinagem (câmpanula para proteção de plantas) ou sacos plásticos
  • Borrifador
  • Faca de enxertia

Lista completaMinimizar

Instruções

    Cultivo de estacas de árvores frutíferas

  1. 1

    Escolha a área de propagação. Será preciso enraizar as estacas de sua árvore frutífera em um ambiente quente, úmido e protegido. O ideal é uma estufa, mas se não tiver acesso a uma, um pequeno cloche (campânula protetora de jardim) pode servir bem. Cloche é um ambiente que se cria estendendo uma cobertura de plástico sobre um fileira de tubos plásticos cortados em forma de campânula para constituir uma miniestufa.

  2. 2

    Encha vasos plásticos de 10 cm com meio de cultivo. Vermiculita ou terra estéril para vasos misturada com areia são boas escolhas. É preciso evitar a podridão, assim é essencial uma boa drenagem para enraizar com sucesso as suas estacas.

  3. 3

    Faça a estaquia. As estacas mais prolíferas são obtidas das pontas dos galhos, onde ocorre os novos brotamentos. Além disso, você também terá o maior sucesso com estacas coletadas durante a fase de novos brotamentos da árvore. Corte cuidadosamente as pontas dos galhos da árvore que deseja propagar. Corte-os a cerca de 7,5 a 12,5 cm da ponta para baixo, dependendo da quantidade de novos brotamentos visíveis. A parte interna exposta da estaca cortada deve ser verde e úmida.

    Use uma faca de enxertia para cortar a ponta exposta da estaca em um ângulo. Isto expõe uma porção maior de caule flexível ao hormônio enraizador e à mistura de cultivo.

  4. 4

    Mergulhe as estacas em hormônio enraizador e, depois, plante-as. O hormônio enraizador é disponibilizado em várias potências. Verifique junto ao seu viveiro de plantas local como determinar a potência de hormônio que deverá suar para o tipo de árvore que vai tentar enraizar. Mergulhe a ponta cortada da estaca em um copo de água estéril, e depois no hormônio enraizador. Retire qualquer excesso, acumulando o hormônio enraizador e, em seguida, plante a ponta cortada na mistura de cultivo dos vasos de 10 cm. Introduza a ponta da estaca a cerca de 2,5 de profundidade na mistura de cultivo.

  5. 5

    Borrife água nas estacas e cubra-as. Use um borrifador com água estéril. Ofereça-lhes uma boa irrigação, de tal forma que a terra fique macia e úmida. Em seguida, cubra as estacas com sacos plásticos.

    No caso de um plantio mais elaborado, como em um cloche ou estufa, você pode usar um temporizador em sua unidade de irrigação para manter a umidade das estacas. Se estiver irrigando à mão, será necessário borrifar água nas estacas três a cinco vezes ao dia.

Dicas & Advertências

  • A chave para o sucesso é um ambiente de cultivo estéril. Se você fizer a propagação da árvore em um estufa ou cloche, limpe as estruturas com solução alvejante a 10%, entre cada plantio ou periodicamente para eliminar os contaminantes.
  • O aquecimento no fundo também pode ser útil em alguns ambientes. Uma almofada térmica colocada sob os recipientes das estacas pode ajudar a alcançar condições desejáveis de cultivo.
Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível