Mais
×

Como enraizar orquídeas

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As orquídeas são plantas exóticas que podem ser terrestes ou aéreas, o que singifica que crescem naturalmente na terra ou enraízam-se em árvores. Enquanto o tipo terrestre seja tolerante a meios de cultivo fortes, durante o desenvolvimento das raízes, as aéreas necessirtam de um meio iluminado para evitar o apodrecimento radicular. Dependendo da variedade, as orquídeas levam várias semanas a mais de um mês para estabelecer raízes fortes. Cuide-as, pois elas desenvolvem um sistema radicular forte e extenso, antes do transplante para um local selecionado de plantio.

Instruções

Divida uma orquídea após o término da floração e enraíze-a (Dynamic Graphics/Polka Dot/Getty Images)
  1. Seccione as partes enraizáveis de uma planta saudável usando uma faca estéril e afiada. São os chamados pseudobulbos, aquelas partes localizadas na base da planta, onde há a junção de folhas e raízes, ou na base da haste florescente, abaixo do local onde se formam as raízes. Use uma faca afiada para dividir os grupos de orquídeas.

  2. Faça furos de drenagem na base do vaso, se necessário, antes de enchê-lo de areia ou esfagno. Evite usar substrato comum, pois este causa podridão radicular. Borrife o meio de cultivo com água até obter uma umidade uniforme e soque-o manualmente para remover ar preso.

  3. Insira os pseudobulbos – as raízes da orquídea dividida ou a base de um agregado foliar – no vaso de cultivo. Cubra a parte superior do pseudobulbo ligeiramente com o substrato de cultivo

  4. Coloque o vaso em um lugar protegido, com exposição solar indireta, luz brilhante e temperaturas consistentes entre 23 e 26 graus Celsius. Com as orquídeas precisam de umidade entre 50 e 80% para desenvolver raízes, coloque o vaso em uma bandeja com cascalhos e água. Para evitar podridão radicular, certifique-se de que a base do vaso esteja acima do nível da água na bandeja. Mantenha o meio de cultivo umedecido o tempo todo.

  5. Inspecione as raízes em crescimento do pseudobulbo para determinar se você pode transferi-lo para uma área externa de plantio. Idealmente, raízes saudáveis devem ter uma cor branco-cremosa ou branca. Já as raízes marrons indicam excesso de umidade.

  6. Transfira a orquídea para um lugar que atenda melhor às suas condições de crescimento, depois que as raízes atingirem 2,5 cm de comprimento. Evite sua exposição a extremas flutuações de condições de crescimento; em vez disto, faça uma transição gradual, de preferência em um período de duas semanas, para evitar o choque.

Dicas

  • Use areia como meio de cultivo, se estiver plantando orquídeas terrestres.
  • Se desejável, use hormônio enraizador para ajudar os pseudobulbos a desenvolver raízes. Siga as instruções do rótulo quanto à dosagem e aplicação.

O que você precisa

  • Faca
  • Vaso
  • Furadeira manual (opcional)
  • Areia ou esfagno
  • Bandeja
  • Cascalhos
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article