Mais
×

Como ensinar seu cavalo a ficar parado durante a montaria

Atualizado em 21 julho, 2017

Cavalgar é sempre pensado como simplesmente subir em uma sela e galopar para o pôr do sol. Mas não se cavalgará muito enquanto não se consegue fazer o cavalo ficar parado ao montar. De fato, se mover durante a montaria é problema comum entre muitos cavalos. Isso pode acontecer devido a uma sela mal colocada, experiências ruins no passado, um cavalo que está ansioso para se mexer, ou um que está tentando evitar ser montado. Se estiver tudo certo com o equipamento, se estará pronto para ensinar seu cavalo a ficar parado durante a montaria.

Instruções

Montar um cavalo requer muita paciência (horse image by Henryk Olszewski from Fotolia.com)

    Preparando-se para montar.

  1. Planeje conduzir muitas sessões de treino de 15 a 30 minutos cada, em dias consecutivos. Escolha uma hora quando o cavalo não estiver com fome, sede, cansado ou tenso de qualquer forma. Ao quebrar o processo em passos, ele "entenderá" o que é pedido, e ao sempre acabar com uma nota positiva, o animal começará a associar prazer com ser montado. Isso é especialmente verdade se seu cavalo tiver algum trauma conectado com alguém tentando escalar a sela. Mantenha sua voz calma e se por acaso ficar frustrado, interrompa o processo antes que traumatize o cavalo.

  2. Junte suas rédeas em sua mão esquerda. Mantenha um contato leve com a boca do cavalo e ancore sua mão esquerda em sua crina ou logo à frente das suas cernelhas. Isso não é para forçar seu cavalo a ficar parado, mas para ensiná-lo a parar com um contato leve com a boca. Uma alternativa, se seu cavalo for familiarizado com a parada com uma rédea, não aplique pressão na rédea direita e faça um contato leve com a rédea esquerda. Dê uma deixa verbal como falar "uou" ao mesmo tempo, para que eventualmente, o comando de voz seja o bastante.

  3. Responda a qualquer movimento que seu cavalo fizer com seus pés ao mover-se imediatamente em círculo, para trás, para frente, etc., fazendo com que ele trabalhe por entre um e cinco minutos antes de parar outra vez. A meta é fazer com que ficar parado seja mais desejável do que se mover. Esse estágio requer paciência e tempo, então não se apresse ou fique frustrado. Repita os passos 2 e 3 até que seu cavalo fique quieto quando reunir as rédeas em sua mão e segure sua crina com essa mão. Seja paciente e recompense as reações corretas do cavalo, mesmo se forem muito pequenas. Pode ser o máximo que se vai conseguir por alguns dias, mas eventualmente seu cavalo ficará parado sempre que se pegar as rédeas em preparação.

    Montando

  1. Reúna a crina e as rédeas, e dê a sua deixa verbal enquanto praticar. De pé, encarando o lado do animal, fique próximo a ele para minimizar o efeito de giro que seu peso exercerá em sua espinha ao montar. Vire o estribo em sua direção com sua mão direita e insira seu dedo do pé esquerdo, certificando-se de não cutucá-lo nas costelas. Alguns cavalos começam a se mover assim que observam o cavaleiro levantar a perna em direção ao estribo. Outros esperam até que o dedo chegue ao estribo. Lembre-se: cavalos irão preferir ficar parados a trabalhar, então sua meta é recompensar quando ele ficar parado, fazendo o cavalo trabalhar sempre que ele se mexer sem permissão.

  2. Segure no lado distante da parte de trás da sela. Dê dois pequenos pulos com sua perna direita enquanto mantém seu dedo no estribo. Observe seu cavalo enquanto faz isso, sendo rápido o bastante para sair do estribo e movê-lo por alguns minutos caso ele se mexa.

  3. Suba no segundo salto, ajustando seu peso com suas mãos. Pratique esse movimento várias vezes. Faça seu cavalo trabalhar se ele se mover durante qualquer parte desse processo.

  4. Balance sua perna direita por cima dos quartos traseiros, cuidando para não chocar seu pé com suas costas ou rabo. Abaixe-se na sela suavemente, evitando uma queda brusca ou uma mudança de peso que pressione demais as costas do cavalo e faça com que ele queira evitar ser montado. Encontre seu outro estribo com seu dedo do pé direito. Se seu cavalo começar a se mover a qualquer momento, quando estiver na sela, aplique pressão em uma das rédeas, fazendo o animal mover seu quadril em pequenos círculos até que ele fique parado, dando a sua deixa verbal e soltando imediatamente a rédea e o agradando quando o cavalo parar.

    Dedo no estribo (cowboy image by Mat Hayward from Fotolia.com)

    Desmontando

  1. Mantenha um contato leve com as rédeas, levando-as até a mão esquerda junto com um pouco da crina. Deslize seu pé direito para fora do estribo, tomando cuidado para não se chocar com as laterais do cavalo enquanto faz isso. Prepare seu cavalo para o desmonte balançando-se levemente na sela, de lado a lado, respondendo a qualquer movimento ao andar em círculos até que ele pare quando se dizer "uou".

  2. Fique levantado apoiado em seu estribo esquerdo e leve sua perna direita por cima das costas do cavalo. Equilibre seu peso por cima das costas do cavalo para minimizar a pressão em sua espinha. Observe o movimento, e repita o ciclo dizendo "uou" até que seu cavalo fique parado. Louve-o quando ele o fizer.

  3. Pise no chão com seu pé direito. Deslize seu pé esquerdo do estribo. Acaricie seu cavalo por ficar parado durante o processo. Se ele se mover enquanto desmontar, diga "uou".

  4. Repita o processo de montar e desmontar várias vezes por dia, por vários dias, até que seu cavalo fique parado sem se mover enquanto você o faz. Repita todos os passos no lado direito também. Espere ter que começar pelo início outra vez, já que os cavalos normalmente favorecem um lado sobre o outro.

Dicas

  • Use um bloco de montaria se não conseguir alcançar o estribo com seu dedo. Usando o mesmo processo, ensine seu cavalo a ficar parado ao lado do degrau, então prossiga com o resto das instruções.
  • Recompensas de comida podem ser usadas em conjunto com agrados e carinhos para ajudar o cavalo a escolher a opção mais agradável, que é ficar parado.

Aviso

  • Cuidado para não fincar demais seu pé no estribo enquanto monta. Se o cavalo se assustar ou se mover, seu pé pode ficar preso e corre-se o risco de lesões sérias. Peça ajuda para alguém no chão se não se sentir seguro para ensinar essa habilidade a seu cavalo sozinho. Eles podem intervir se algo der errado.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article