Como ensinar uma criança a falar

Escrito por kay ireland | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ensinar uma criança a falar
Crianças estão sempre observando (Fuse/Fuse/Getty Images)

Não há nada mais sublime do que ouvir uma criança dizer "mama" ou "papa" pela primeira vez. No final das contas, é o jeito mais rápido de transformar o coração orgulhoso dos pais em gelatina. Talvez seja por isso que muitos papais ficam preocupados quando a criança pula esse momento tão importante do seu desenvolvimento ou fala poucas palavras depois de 18 meses de aprendizado. Não tenha medo, pois ensinar seu filho a falar exige somente um pouco de paciência e as seguintes dicas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Livros de histórias apropriados para a idade
  • Cartões de memória
  • Tempo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Não entre em pânico. Algumas crianças só começam a falar aos três ou quatro anos. Elas gastam seu tempo absorvendo informações e, no momento certo, desatam a falar como uma vitrola quebrada. Uma criança de 10 a 20 meses aprende, em média, dez palavras novas por dia. Portanto, mesmo que elas não falem, estão aprendendo, e é por isso que você deve tomar cuidado com o que diz e com o que elas escutam.

  2. 2

    Mantenha-as saudáveis. Embora essa dica pareça absurdamente óbvia, as crianças precisam de cuidado para crescer e se desenvolver normalmente. Uma criança com sono é irritadiça e menos disposta a aprender coisas novas. Uma dieta balanceada não só inclui os nutrientes de que elas precisam, mas também o ato de mastigar texturas diferentes ajuda os pequeninos a aprender como controlar os músculos da boca, o que é vital para formar palavras. Visitas regulares ao pediatra devem incluir testes de audição, que podem identificar possíveis deficiências de aprendizagem. A detecção precoce desses problemas é muito importante.

  3. 3

    Encha o ambiente da criança de coisas estimulantes. Berçários devem ser coloridos e cheios de oportunidades para explorar e aprender. Considere usar papéis de parede com as letras do alfabeto, mosaicos contendo personagens de histórias e brinquedos que falem quando a criança interage com eles.

  4. 4

    Leia para seus filhos. A importância desse passo não deve ser subestimada. Muitos estudos têm demonstrado que crianças que escutam histórias tendem a ter QIs maiores. Escolha uma historinha adequada para a idade delas e leia com emoção e entusiasmo, apontando para as figuras e falando os nomes dos objetos. Leia durante o dia, sempre que possível, e não somente na hora de pôr os pequenos para dormir. Crianças (e adultos) sonolentos têm mais dificuldade para se concentrar.

  5. 5

    Utilize cartões de memória - os brinquedos, não os da câmera fotográfica, claro - e promova um jogo com seu filho. Muitos cartões vêm com figuras de itens comuns, como frutas, animais e lugares. Aponte para as imagens e diga seus nomes claramente. Mesmo que você não perceba, seu filho está absorvendo cada palavra.

  6. 6

    CONVERSE com seus filhos. Fale com eles durante a hora do banho, quando estiverem na cadeira de bebê, no supermercado, onde quer que você esteja - converse com eles. De acordo com a psicologia behaviorista, crianças aprendem através de modelos. Isso significa que elas estão observando e copiando tudo o que você faz. Então, converse com elas. Fale claramente e frequentemente. Varie o seu tom de voz para transmitir emoção, decepção ou surpresa. No tempo certo, você descobrirá que seu bebê esteve escutando o tempo todo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível