Como entender e comparar especificações de compressores de ar

Escrito por ehow contributor | Traduzido por felipe rico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como entender e comparar especificações de compressores de ar
Conheça e entenda especificações de compressores de ar para escolher o mais adequado para você (Jupiterimages/PhotoObjects.net/Getty Images)

Fabricantes de compressores de ar têm divulgado as especificações de suas máquinas em propagandas e materiais de marketing ao longo de décadas. Termos como CFM, PSIG e dBA são comumente usados. Mas o que eles realmente querem dizer? Eles são realmente bons indicadores para medir o desempenho de um compressor? Este artigo irá explicar as especificações mais comuns de compressores e dar-lhe o conhecimento necessário para fazer comparações dentre modelos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    HP, ou potência em cavalos, é uma das especificações mais comuns utilizadas pelos fabricantes de compressores para avaliar suas máquinas. No entanto, a potência não deve ser considerada uma medida exata da quantidade de ar que um compressor pode fazer. Quando aplicada à compressores de ar, a potência é baseada na saída contínua de energia do cabo do motor elétrico do compressor, ou a entrada constante de energia no cabo do compressor.

  2. 2

    CFM / ACFM / SCFM, ou pés cúbicos por minuto, é a especificação mais importante a se considerar ao avaliar ou comparar compressores. CFM é uma medida da quantidade de ar que um compressor pode produzir. Todas as aplicações de ar comprimido requerem uma quantidade específica do CFM em uma determinada pressão para fazer seu trabalho corretamente. Obviamente, um compressor que requer 5 HP para proporcionar 16 CFM não é tão eficiente como um compressor 4 HP que pode produzir a mesma quantidade de ar. A diferença é o desperdício de dinheiro em custos de eletricidade.

  3. 3

    PSIG, ou libras por polegada quadrada, é, provavelmente, a especificação mais importante depois de CFM. PSIG é uma unidade de pressão relativa ao ambiente circundante. A maioria das ferramentas pneumáticas manuais operam em torno de 90 PSIG, com quantidades variáveis ​​de CFM necessário. Verifique as especificações do fabricante da ferramenta antes de comprar um compressor para a sua casa ou loja.

  4. 4

    DBA ou db(A), decibéis, é uma medida da intensidade ou o volume de um som. Embora o volume de um compressor de ar não tenha reflexão sobre o seu desempenho, deve-se considerar se você planeja trabalhar perto do compressor. O dBA de funcionamento de um compressor pode estar em qualquer lugar de 64 dB a 130 dB ou mais. Alguns compressores vêm com uma cobertura redutora de som para ruídos de operação mais baixos.

  5. 5

    Ao comparar as especificações do compressor de ar, a chave é encontrar a máquina que produz mais CFM, usando a menor potência, com o menor nível de ruído (dBA) possível. É claro que muitos outros fatores como preço, qualidade e garantia devem ser considerados ao fazer a compra de um compressor de ar, mas a compreensão das principais especificações irá ajudá-lo a sentir-se mais confiante sobre a compra.

Dicas & Advertências

  • Sempre use protetores de olhos e ouvidos adequados quando trabalhando com compressores de ar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível