Como entrar no ramo do anime

Escrito por amy mcnulty | Traduzido por jackellyne y. gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como entrar no ramo do anime
O ramo do anime no ocidente oferece uma variedade de empregos, incluindo tradução, marketing, atuação ligada à voz e escrita (Patrick Ryan/Lifesize/Getty Images)

Quando a "Bloomberg Businessweek" cobriu o ramo do anime em 2005, a publicação deu uma incrível estimativa de R$200 bilhões em lucro anual se referindo a todos os aspectos da animação japonesa e seu mercado mundial. A maioria dos negócios ligados a anime está no Japão, mas há empregos norte-americanos nessa indústria também. Enquanto que assegurar um emprego nos Estados Unidos possa ser um desafio, você pode ser bem-sucedido com expectativas reais e um plano para atingir o sucesso.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Identifique uma profissão específica no ramo do anime para seguir. Por existir muita competição por esses empregos, você precisa demonstrar que tem habilidades e experiência em uma determinada área. Pense em seus talentos e -- se você já se formou no ensino superior -- sua formação e como ela pode ser aplicada nesse ramo. Tradução, produção de mídia, atuação ligada à voz, marketing, TI e outros empregos americanos no ramo são geralmente focados na Califórnia, Nova Iorque e Texas. Um ponto forte no Canadá é Vancouver, British Columbia.

  2. 2

    Busque educação e experiência fora do ramo do anime. Marc Handler, um veterano no ramo do anime americano, diz que uma forma de conseguir um emprego é conseguir algo similar em qualquer área na indústria do entretenimento, ganhar experiência e trabalhar para subir nesse ramo. Produção de mídia para um show local da TV a cabo pode ser o que lhe fará ser contratado como um editor ou produtor de dublagem de anime em inglês. Ter um diploma na língua japonesa ou ter passado um tempo no Japão é geralmente algo essencial para qualquer um que espera trabalhar com tradução de anime.

  3. 3

    Prepare um portfólio ou currículo. A indústria do entretenimento quer em geral ver amostras do seu trabalho antes de lhe considerar para um trabalho. Sempre que você se aproximar de alguém que já esteja nesse ramo, deve apresentar uma amostra de seu trabalho. Isso pode incluir um script original de um anime ou mangá (gibi japonês), contudo, lembre que existem mais mangás originais americanos que animes produzidos. Isso também inclui traduções especulativas que você tenha feito para mangás ou animes a seu portfólio. Se você quer escrever para um site ou revista de anime, inclua artigos profissionais que tenha escrito ou especulado.

  4. 4

    Faça contatos no local em que você está ou em convenções. Se você está localizado perto de uma empresa ligada ao anime, peça para conhecer alguém do escritório para um tour ou por uma entrevista para que você possa ver a indústria de perto e apresentar seu portfólio. Se você não puder ir a uma empresa, preste atenção caso profissionais apareçam em convenções de anime, gibis ou ficção científica perto de você. Use essa oportunidade para apresentar seu portfólio e ir a workshops detalhando como entrar nesse ramo.

Dicas & Advertências

  • Se você não puder entrar no ramo do anime ou simplesmente não quiser ir para outro lugar, comece sua própria empresa. Escrever e desenhar seu próprio estilo de anime são uma forma de criativamente participar da indústria sem se mudar. Escrever para sites de anime como freelance oferece mais oportunidades também. Abrir uma loja de anime na sua cidade-natal lhe permite ser seu próprio chefe.
  • Considere se candidatar para estágios não remunerados no ramo, começando jovem, por exemplo, aos 16. Esse ramo, como muitos outros, aprecia a dedicação e responsabilidade demonstradas. A experiência pode ajudar você a arrumar um trabalho pago no futuro.
  • Não compartilhe suas traduções especulativas online para "Fansubs" de animes ou "Scanlations" (escaneamento, tradução, edição e distribuição) de mangás. Isso é ilegal, já que você não tem os direitos legais para traduzir esses animes a outros. Isso pode causar a você a perda de um trabalho na indústria.
  • Se mantenha profissional quanto aos seus contatos. Enquanto que se manter entusiasmado pode lhe ajudar a manter um trabalho, os empresários do ramo estão mais interessados em suas habilidades profissionais e podem lhe desconsiderar como candidato se você focar mais em você mesmo como um fã do que como um talento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível