O que pode estar errado quando sai fumaça do sistema de ventilação de um carro?

Escrito por richard rowe | Traduzido por jacques baroukh aben athar de alcantara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que pode estar errado quando sai fumaça do sistema de ventilação de um carro?
Poderia ser pior. Pelo menos seu carro não está pegando fogo -- bom, deixa pra lá. (Comstock/Comstock/Getty Images)

O principal problema provavelmente é você ainda estar sentado dentro dele ao invés de correr para salvar sua vida ou, pelo menos, ir procurar um extintor de incêndio. Brincadeiras à parte, um pouco de fumaça saindo do sistema de ventilação não necessariamente significa que você ou seu carro estejam em perigo -- tudo depende de que lugar a fumaça está vindo.

Outras pessoas estão lendo

Identifique a fumaça

A primeira coisa a se fazer é identificar o tipo de fumaça, e o melhor método é pelo cheiro. A maioria das pessoas conhece o cheiro de óleo queimando. O odor é similar ao de um estacionamento em um dia quente, de piche ou de uma estrada sendo pavimentada. Fios elétricos queimam com um odor inacreditavelmente picante, a ponto de fazer os olhos lacrimejarem. É um daqueles cheiros que, se não te fazem querer pular para fora do carro, são, pelo menos, impossíveis de ignorar. O líquido do ar-condicionado possui um cheiro doce e enjoativo o suficiente para fazer com que você não tenha a mínima vontade de tomar um sorvete durante a semana inteira.

Densidade da fumaça

Sua próxima pista para encontrar a fonte da fumaça envolve sua espessura ou densidade. Algumas ondas fracas e ocasionais de mau cheiro ou fumaça de óleo saindo quando o ar condicionado está no mínimo geralmente indicam que há um pequeno vazamento de óleo no compartimento do motor. Um fluxo visível de fumaça constante significa que a fonte está bem próxima à entrada de ar, ou que está dentro do próprio tubo. Se a fumaça cresce o suficiente para ocupar visivelmente todo o espaço do carro, então provavelmente há alguma coisa pegando fogo. Neste caso, você pode vender o carro para uma pessoa de quem não goste.

Ar fresco versus ar reciclado

Esse teste te dará uma ideia se a fonte da fumaça está dentro da cabine do carro ou fora dela. Ligar o ar condicionado na posição "ventilar" faz com que entre ar do lado de fora do veículo, enquanto que, em outras posições, o que acontece é simplesmente a reciclagem do ar que já está dentro da cabine. Esse é um truque particularmente útil para localizar vazamentos do líquido refrigerante e para descobrir se o cheiro de queimado está vindo do compartimento do motor ou do aquecedor. Se a fumaça vier a partir do sistema de ventilação, provavelmente ela está saindo do compartimento do motor, talvez como resultado de um fio encostando-se em um material quente como o cano de exaustão.

Cheiros metálicos e fumaça escura

Se sentir um cheiro metálico -- particularmente, um cheiro quente de cobre -- tanto no ar condicionado quanto na ventilação, é possível que você tenha em mãos uma ventoinha estragada. Caso o cheiro metálico apareça apenas com o ar condicionado ligado, pode ser que haja um curto-circuito atrás do painel. Se ele surgir quando o ar condicionado estiver no máximo, então parabéns -- seu sistema de ar condicionado é capaz de esfriar o suficiente para condensar a umidade em vapor e jogá-la em seu rosto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível