Erupções na pele associadas a viroses

Escrito por marie bell | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Erupções na pele associadas a viroses
Uma erupção associada a uma virose é comum entre as infecções na infância (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

As manifestações físicas do resfriado são afetadas pela força do sistema imunológico, uma vez que torna-se intensificado contra o organismo causador da infecção. As erupções na pele associadas a uma virose são uma manifestação muitas vezes vista entre algumas das infecções comuns da infância, como o sarampo, a rubéola, a escarlatina e a catapora.

Outras pessoas estão lendo

Sarampo

O sarampo é uma doença viral que se inicia de dois a quatro dias como uma doença respiratória, que inclui uma sensação geral de mal-estar e fadiga, congestão na cabeça e corrimento nasal, inflamação do revestimento exterior do olho e febre alta de até 40 graus Celsius. Pouco antes do aparecimento da erupção no corpo, pequenas manchas azuis e brancas, chamadas manchas de Koplik, desenvolvem-se dentro da boca. Logo depois, o indivíduo afetado desenvolve uma erupção vermelha característica que não coça, do couro cabeludo até a parte detrás das orelhas, que se espalha para as partes inferiores do corpo e inclui as palmas das mãos e as plantas dos pés. A erupção muitas vezes se torna confluente. Essa etapa representa o estágio mais grave. Ela começa a desaparecer por cerca de quatro dias após a sua aparição e pode deixar manchas marrons e fazer com que a pele descasque. O sarampo é uma doença rara, particularmente após a aplicação da vacina do sarampo.

Rubéola

A rubéola é uma doença viral que começa com um breve período de mal-estar, febre e falta de apetite. A doença progride para inflamação e inchaço dos nódulos linfáticos da cabeça e do pescoço e uma erupção cutânea que começa no rosto e se espalha para o resto do corpo. A erupção é semelhante à erupção vermelha do sarampo, exceto que ela não se torna confluente e clareia à medida que se espalha. A erupção cutânea geralmente desaparece completamente em três a cinco dias após o início.

Escarlatina

A escarlatina é o resultado de uma infecção bacteriana estreptocócica caracterizada por dores de garganta e uma erupção distinta. A erupção começa no primeiro ou segundo dia da doença, no tronco e nas extremidades, mas poupa as palmas das mãos e as plantas dos pés. Ela é composta de finas lesões vermelhas salientes que juntas parecem uma lixa e são acentuadas nas dobras da pele. Outros sinais associados à escarlatina são palidez ao redor da boca e vermelhidão das papilas da língua, chamada de "língua de morango." A erupção da escarlatina diminui em seis a nove dias após o seu surgimento.

Varicela

A varicela, mais conhecida como catapora, é uma doença viral altamente contagiosa, com manifestações cutâneas eminentes. Um ataque começa com febre, mal-estar e erupção cutânea. A erupção apresenta-se, inicialmente, como pequenas saliências vermelhas, que progridem em horas ou dias para pequenas vesículas cheias de líquido. A última fase da erupção é quando as vesículas se rompem e as feridas secam. A principal característica da doença é a presença de lesões em todas as três fases.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível