O que é esclerose subcondral?

Escrito por aram khayatpour | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é esclerose subcondral?
Esclerose subcondral é uma doença que afeta os ossos e as articulações das pessoas com osteoartrite (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Esclerose subcondral é uma doença que afeta os ossos e as articulações das pessoas com osteoartrite. Causa dor articular e imobilidade decorrente de aumento de massa e densidade ósseas em uma camada fina embaixo da cartilagem das articulações. Ainda que esta condição seja crônica e dolorosa, é facilmente detectável por um médico e pode ser tratada de várias maneiras.

Outras pessoas estão lendo

Causas

A esclerose subcondral é resultante de outra condição clínica conhecida como osteoartrite. A osteoartrite é um termo genérico para um grupo de doenças que provocam degeneração articular com o passar do tempo. À medida que as articulações se degeneram, podem causar dano permanente à cartilagem nelas e nos ossos ao seu redor. A osteoartrite é uma condição comum, geralmente encontrada em indivíduos idosos, e é a causa número um de incapacidade nos Estados Unidos.

Características

A osteoartrite degenera lentamente duas partes importantes em uma articulação. Uma dessas partes é a cartilagem, o tecido conectivo, e a outra parte é o osso subcondral, que é uma camada logo abaixo da cartilagem. Quando a cartilagem se desgasta nessa parte, o corpo tenta regenerá-la, o que causa aumento da densidade e da espessura. Essa espessura aumentada na camada subcondral é conhecida como esclerose subcondral.

Identificação

A esclerose subcondral é fácil de se identificar com uma radiografia, que a mostra como uma região particularmente branca ao longo da linha de uma articulação. A presença de esclerose subcondral também pode ser usada para identificar um estágio progressivo da própria osteoartrite.

Efeitos

A esclerose subcondral é uma condição dolorosa que pode levar a um maior dano articular e ósseo. O osso extra denso pode aumentar o desgaste articular e inflamação da área ao seu redor. Pode ainda causar esporões ósseos, que são pequenos crescimentos ósseos agudos que também causam maior dano e dor da articulação e cartilagem nela remanescente. A dor, o crescimento ósseo e o dano articular associados à esclerose subcondral eventualmente podem levar à perda de movimento nessas articulações.

Tratamentos

Não há cura para a osteoartrite, a condição sobrejacente que causa esclerose subcondral, mas existem muitas opções de tratamento destinadas a desacelerar o dano causado e controlar da dor. Muitas opções envolvem modificação do estilo de vida, o que significa alterações, como aumento de exercícios de baixa intensidade, perda de peso e educação. Uma série de medicamentos está disponível, mas a maioria trata a dor ou a inflamação. A cirurgia também é uma opção, seja a artroscopia leve para aliviar alguma dor, ou a cirurgia de grande porte de substituição da articulação para restaurar o movimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível