Como escolher a fonte para uma carta comercial

Escrito por ehow contributor | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escolher a fonte para uma carta comercial
Escolha a fonte correta para redigir a carta e faça com que ela seja notada de forma positiva (keyboard image by carol lynch from Fotolia.com)

Sempre que escrever uma carta de assunto profissional, estará escrevendo uma carta comercial. Muitas dessas cartas contém pedidos de ajuda ou de conselhos. Dessa forma, é importante que sua carta pareça e soe profissional. Escolha a fonte correta para redigir a carta e faça com que ela seja notada de forma positiva.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Saiba para quem você está escrevendo. Quanto mais tradicional for o destinatário da carta, mas tradicional deve ser a fonte escolhida. Por outro lado, se estiver escrevendo uma carta comercial para uma empresa de arte ou criação, poderá optar por uma fonte menos tradicional.

  2. 2

    Considere o grau de seriedade da carta. Quanto mais grave for o assunto a ser tratado mais tradicional deve ser a fonte. Se estiver candidatando-se a uma vaga de emprego, escolha uma fonte clássica. Caso esteja pedindo um favor a uma pessoa que você conhece bem, não é necessário usar uma fonte tradicional.

  3. 3

    Escolha uma dentre as várias fontes tradicionais. Em geral, essas fontes têm serifas, ou seja, o final das letras parece ter sido escrito à mão. Dentre as fontes tradicionais podemos citar Times New Roman, Helvetica e Garamond.

  4. 4

    Escolha uma fonte entre aquelas consideradas casuais. Essas fontes não contêm serifas, aqueles finais que parecem ter sido manuscritos. Há uma variedade maior de fontes casuais, de Arial a Trebuchet e Jokerman a Lucida Handwriting. Ao escrever uma carta comercial a regra de ouro é escolher fontes que transpareçam tranquilidade, como Arial e Trebuchet.

Dicas & Advertências

  • Mantenha o tamanho da fonte entre 11 e 12 pontos. Geralmente, fontes com serifa precisam ser do tamanho 12. Já as fontes sem serifa podem ser do tamanho 11. Escolha um tamanho que faça com que o texto seja fácil de ser lido e não ocupe espaço demais sem necessidade.
  • Certifique-se de que a fonte eleita complementa o assunto da carta, ao invés de diminuir sua importância.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível