Mais
×

Como escolher o melhor gato de raça para a sua família

Martin Poole/Digital Vision/Getty Images

Introdução

Um bichinho de estimação sempre é um grande companheiro para crianças. Na hora de optar por um pet, gatos podem ser ótimas opções por serem tranquilos e independentes e não exigirem tanto cuidado quanto cachorros, por exemplo. Eles não fazem sujeira e se banham sozinhos. Uma caixa de areia, um pote com ração e outro de água é tudo o que eles precisam. Mas é importante saber qual raça de felinos atende melhor às necessidades da sua família para evitar problemas futuros. Conheça as principais raças e escolha o melhor gato para viver com você.

Photodisc/Photodisc/Getty Images

Abissínio

O gato abissínio, de origem etíope (seu nome é proveniente da Abissínia, antigo nome da Etiópia), lembra um puma em miniatura, graças ao corpo comprido e musculoso, pelagem curta e macia e rabo comprido. Todos os felinos desta raça possuem grandes olhos amarelos, verdes ou âmbar, rostos expressivos e orelhas grandes. O gato abissínio é muito inteligente e aprende comandos com facilidade. É dócil e convive bem com outros animais, além de miar muito pouco. Estas características fazem do abissínio uma raça perfeita para quem vive em apartamento ou possui outros pets.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Bengal

O gato bengal é o resultado do cruzamento induzido de gatos domésticos e leopardos asiáticos para tentar isolar o gene que os torna imunes à Leucemia Felina, doença muito comum entre os gatos. O comportamento do bengal é um misto de selvagem e doméstico, pois é inteligente, obediente e dócil, apesar de gostar de caçar, escalar e brincar com água. De pelo curto, este pet não precisa ser escovado todos os dias e só necessita de banho uma vez por mês. Também são resistentes a doenças. O bengal possui manchas, rosetas ou listras mescladas com pelos na cor dourada ou prateada.

Photodisc/Photodisc/Getty Images

Gato persa

O persa é uma das raças mais populares entre os amantes de gatos. Trazido da Pérsia para a França, Itália e Inglaterra, o persa se tornou objeto de desejo pela qualidade do pelo, a cabeça achatada e as orelhas, cauda e pernas curtas. O gato persa é extremamente calmo, dorminhoco e muito apegado a seu dono. Charmoso e lânguido, adora colo e carinho, e convive tranquilamente com outras espécies de gatos e de cachorros. Os persas exigem mais cuidados: escovar todos os dias o pelo para não embolar e limpar o lacrimejado com algodão e soro.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Gato angorá

Muita gente ainda confunde os gatos angorás e os persas, mas eles possuem diferenças fundamentais: os angorás têm olhos maiores, crânio menos achatado e dois tipos de pelagem: curta e semilonga. Outra diferença é o temperamento. Os angorás são brincalhões, amistosos e mais ativos que os persas, mas igualmente apegados ao dono e carinhosos. Para manter o bichinho sempre saudável, é necessário escová-lo todos os dias se a pelagem é longa e dar banhos periódicos. A raça surgiu na região de Ancara, na Turquia, e é considerada uma das mais antigas de que se tem notícia.

Photodisc/Photodisc/Getty Images

Siamês

Os gatos siameses vieram do Reino de Sião, atual Tailândia, e chegaram ao ocidente no século XIX. Ao longo do tempo, passaram de robustos a longilíneos e atlético graças a cruzamentos para definir a padronização da raça. Os siameses possuem pelo curtíssimo e bicolor, com nuances mais intensas nas extremidades do corpo. Seus olhos devem ser sempre azuis. Esta raça é muito dócil, afetiva e interage muito bem com crianças. Também é extremamente inteligente e aprende até mesmo a usar o vaso sanitário! Em relação a cuidados e higiene, é uma das raças mais fáceis de manter.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Sphynx

O sphynx chama atenção por ser "pelado", e muita gente o acha bem esquisito, mas ele tem tanto charme que se tornou uma das raças mais procuradas atualmente. Apesar do nome, "esfinge" em inglês, ele não é egípcio, e sim canadense, e surgiu de felinos com mutações genéticas que os deixavam com pelos finos e quase imperceptíveis. Por possuir apenas uma penugem, é necessário cortar suas unhas semanalmente para evitar que se arranhe e principalmente tomar banhos regulares para retirar a gordura da pele que se acumula. O sphynx é afetuoso, brincalhão e mimado. Adora a companhia de crianças e outros animais.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Scottish fold

O scottish fold é resultado de uma mutação natural em gatos de fazenda escoceses. Esta raça charmosa se caracteriza como a única que possui orelhas dobradas em direção aos olhos, mas também é possível encontrar scottish folds com orelhas normais. É um gato robusto e de porte médio, com crânio largo, e possui pelos curtos ou semilongos, com pelagem densa e macia como uma pelúcia. Carinhoso, gosta de estar sempre perto de seus donos, mas não exige atenção nem grandes cuidados. É um gatinho silencioso e tranquilo. Se comporta bem com outros animais e adora gente.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Sagrado da Birmânia

Este lindo felino de olhos azuis e pelo abundante tem origem no Mianmar (antiga Birmânia) e foi trazido para a Europa no início do século XX. A característica marcante da raça são as extremidades das patas em branco, como se o sagrado da Birmânia usasse luvas. Possui temperamento tranquilo e carinhoso, mas é ativo, brincalhão e amistoso. Não gosta de sair de casa e sempre está perto da família, acompanhando os donos todo o tempo. É um gato de boa saúde e manutenção fácil: apesar dos pelos longos, não costumam formar nós.

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Pelo curto brasileiro

O pelo curto brasileiro, ou brazilian short hair, é a primeira raça de gatos brasileira a ser reconhecida pela WCF (World Cat Federation), que regula os padrões de felinos. Esta raça descende de miscigenação com gatos de rua e raças europeias de pelo curto. Ela possui uma estrutura elegante e com cauda longa e pelo curto, e suas fêmeas são bem menores que os machos. Os gatos brasileiros são ágeis e curiosos. Gostam de brincar e se enroscar nos pés dos donos. Não exigem cuidados especiais e são bastante independentes.