×
Loading ...

Como escrever um artigo narrativo sobre alguém usando o modelo objetivo

Atualizado em 20 julho, 2017

Um modelo objetivo normalmente é encontrado em estratégias de aprendizagem para professores. Porém, os mesmos princípios podem ser aplicados para escrever uma narrativa sobre alguém. A vantagem de se usar esse processo na escrita narrativa, é estabelecer um conjunto claro de objetivos e permitir uma melhor implementação de estratégias, para chegar a uma compreensão da meta.

Instruções

Um modelo objetivo é uma técnica que pode ser aplicada a ensaios narrativos (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Considere o impacto global de sua narrativa. Ela relata um acontecimento, inspira uma ação, personifica uma organização ou faz mais sentindo usando a narrativa como um microcosmo? Decida sobre a narração do ensaio: em primeira pessoa, segunda pessoa ou terceira pessoa. O personagem é fictício ou real?

    Loading...
  2. Reúna as provas necessárias para alcançar seu objetivo. Encontre exemplos, situações ou ideias para colocar na narrativa. Explore como as provas fornecidas refletem a maior compreensão da narrativa. Por exemplo, caso escreva uma narrativa relatando uma notícia usando um personagem fictício para representar a narração da história, a evidência dos fatos, combinada com a narrativa ficcional, deve exemplificar o tema principal da história.

  3. Escreva o corpo do ensaio. Descreva os eventos e as ideias de forma original, para promover a importância da sua narrativa e seus exemplos. Os verbos e os substantivos devem ser utilizados para fins descritivos, ao invés de adjetivos e advérbios, que diminuem o valor do impacto da escrita descritiva. Escreva usando uma linguagem animada e uma voz ativa. Evite clichês e escreva até que a história principal exemplifique o ponto principal que esteja tentando explicar.

  4. Escreva uma introdução, detalhando claramente do que se trata o ensaio e por que é importante. Enquadre-o, introduzindo a narrativa que pretenda usar. Por exemplo, comece no meio das coisas, a partir da perspectiva dos personagens. O personagem deve dizer ao público do que se trata o ensaio e por que ele é importante. Dê ao ensaio um foco, com uma declaração sucinta da tese próximo ao final da introdução.

  5. Esboce o ensaio e reordene os parágrafos do corpo do texto, para representar com mais precisão a ideia principal. Escreva o ponto principal de cada parágrafo seguido por seus pontos secundários. Verifique se ele flui bem sem apressar a narrativa.

  6. Revise o material em busca de erros de continuidade, gramática, voz e estilo. Cuidado com palavras perigosas ao iniciar frases, como "porque", "se" e "quando". Certifique-se de ter a concordância correta entre sujeito e verbo. Por exemplo, caso uma sentença tenha mais de uma frase, cada frase deve estar no singular ou no plural. Edite para uma estrutura paralela correta, para promover a compreensão do leitor. Inclua frases de transição, como "apesar de", "além disso" e "para enumerar", para promover a continuidade. Caso escreva uma narrativa em primeira pessoa, certifique-se de manter a coerência e evitar entrar e sair de perspectivas.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...