Como escrever uma carta de protesto

Escrito por robin raven | Traduzido por erica priscila de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever uma carta de protesto
Escrevendo uma carta de protesto (laptop image by Angie Lingnau from Fotolia.com)

Quando você sentir que algo está errado, você pode fazer uma mudança, deixando sua voz ser ouvida sobre o que precisa ser corrigido. Uma ótima maneira de fazer isso é escrever uma carta de protesto. Siga estas dicas para ver como isso pode ser feito com eficácia, facilidade e graça.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Pesquise o assunto que o levou a protestar. Entenda toda a verdade por trás da situação e cruze fatos e fontes. Estar totalmente dentro do assunto ajuda a compor uma carta com facilidade e autoridade e garante que não há qualquer informação incorreta de que você está protestando. Quando você questiona a empresa sobre a opinião deles e sobre o assunto, não se surpreenda se eles derem volta com uma história que coloca-os em uma grande vantagem, não importa o quão ridiculamente é óbvio que estejam longe da verdade . Eles, muitas vezes, pagam publicitários para fazerem esse tipo de coisa.

  2. 2

    Enderece a carta como uma carta comercial. Coloque o seu nome e informações no topo, depois siga com informações deles debaixo das suas. Use o nome de uma pessoa específica para tratar da carta, quando possível. Se você estiver escrevendo para uma empresa, descubra o nome do presidente. Se você está escrevendo para um juiz ou outros, certifique-se que seus nomes estejam corretos e soletre-o corretamente. Apesar de ter um toque sutil, faça sua voz mais imponente e, às vezes, mais respeitada.

  3. 3

    Mantenha o corpo de sua carta curto e vá direto ao ponto. O tom deve ser o mais amigável possível, dadas as circunstâncias, mas você não quer nenhuma frase desnecessária. Mantenha a carta em 300 palavras, quando possível.

  4. 4

    Concentre-se em uma coisa de cada vez que precisa mudar em sua carta. Você não quer protestar dez coisas de uma só vez na carta. É provável que sua voz fique abafada e ineficaz, pois vai parecer uma carta de reclamação sem sentido. Trabalhe em uma coisa de cada vez. Depois de ter feito progresso ou um pouco de tempo passado, comece a abordar a próxima edição com a empresa ou organização.

  5. 5

    Revise e reescreva a carta. Se você não é ótimo em gramática, tenha um amigo que esteja revisando o texto. Certifique-se de que a carta pareça como profissional e importante.

  6. 6

    Envie a carta pelo correio. Uma carta emitida é menos provável de ser ignorada de um fax ou correio electrônico.

  7. 7

    Siga ou envie uma carta semelhante com as suas preocupações, se você não receber uma resposta dentro de três semanas. Certifique-se de incluir o fato de que você estava esperando para ouvi-los dentro do primeiro parágrafo. Esta carta também deve ser curta e direta ao ponto. Inclua, novamente, os fatos de uma forma mais simples e concisa.

Dicas & Advertências

  • Escreva sempre que você sentir que tem algo que precisa defender. Você não tem que ser um ativista para ter uma causa que pela qual está apaixonada.
  • Aprenda com seus erros, mantendo registros. Mantenha uma cópia de cada carta enviada, juntamente com a data em que foi enviada. Mantenha um registro das empresas de ação ou que foram respondidas. Procure por onde você obtém respostas e quais foram as cartas enviadas a esses lugares ajuda-os a saber, em alguns casos, quando você está escrevendo de forma eficaz.
  • Não componha sua carta até que você tenha pesquisado todos os fatos e verificado suas fontes. Nada parece pior do que uma pesquisa pobre ou uma carta errada de protesto.
  • Nunca envie uma carta a menos que você realmente acredite no que você está dizendo.
  • Nunca sejar rude ou degradante em uma carta de protesto Mantenha o tom amigável ou profissional, e continue com os fatos. Insultos pessoais desacreditam os grandes assuntos que você representa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível