×
Loading ...

Como escrever uma cena de amor

Atualizado em 17 abril, 2017

As cenas de amor são sempre complicadas. Quão gráficas devem ser? Quanto você deve contar? Às vezes, muitos detalhes estragam o efeito. Uma boa cena deve ser centrada nos personagens. Se os leitores se importam com eles, então, a cena de amor, se bem escrita, será o ápice da jornada entre o leitor e o personagem.

Instruções

Como escrever uma cena romântica (Marili Forastieri/Digital Vision/Getty Images)
  1. Prepare, realisticamente, a sua cena. Seja verdadeiro ao tom da história. Não simplesmente jogue um cena de amor porque acha que precisa. Em vez disso, tenha certeza de que ela combina bem com o seu enredo. Crie-na da mesma forma que faria com o enredo de um romance de ação. Garanta que ela aconteça quando precisar acontecer.

    Loading...
  2. Crie um clima ou cenário romântico. Escolha o que combinará melhor com o tipo de história que está escrevendo. Por exemplo, se for um romance histórico, que se passa nos século 19, em uma fazenda da França, então, prepare uma cena que faça sentido a essa época criada: em um chalé, floresta ou cabana.

  3. Seja criativo. Encontre formas diferentes de expressar os detalhes sexuais e sensuais da suas cenas de amor. Por exemplo, a jardinagem pode ser usada como uma forma de dar início a uma cena romântica se um dos seus personagens for um jardineiro. O personagem pode mostrar ao seu amante como plantar, segurando as suas mãos enquanto cavam o solo.

  4. Foque-se nos detalhes. Use descrições que possam dar vida à cena. Não é preciso acumular detalhes. Escolha aqueles que aumentarão a tensão sexual. Por exemplo, descreva o que os personagens estão fazendo e como respondem um ao outro, seja através de diálogos ou fisicamente — "Ela sentiu a respiração dele em seu pescoço enquanto usava os dedos para cavar o solo".

  5. Use os cinco sentidos. Permita que os seus leitores veja, sintam, ouçam, experimentem e toquem no que está acontecendo na cena. Isso ajuda a construir os detalhes sensuais responsáveis pelo romantismo da suas cenas.

  6. Use um "correlato objetivo". O poeta T.S. Eliot o descreve como "um conjunto de objetos, uma estimulação, uma cadeia de eventos que devem ser a base de uma emoção em particular, como quando fatos externos, que devem terminar em experiência sensorial, são dados e a emoção é evocada". Em outras palavras, é uma forma de transformar coisas abstratas, como as emoções, em algo mais concreto. Quando o seu personagem estiver experimentando uma gratificação amorosa ou sexual, escreva de forma a mostrar, em vez de dizer, como ele está se sentindo: "Quando os lábios dele tocaram os dela, o sangue ferveu em suas veias; ela se sentiu tonta e começou a fraquejar em seus braços."

Loading...

Dicas

  • Evite clichês como ("Ela tremia") ou prosa roxa. Mantenha-se longe de palavras antigas. Mesmo que esteja escrevendo um romance histórico, use uma linguagem clara e direta.

Recursos

Loading ...
Loading ...