Como escrever o currículo de um tradutor freelancer

Escrito por kara page | Traduzido por rafael affonso de andré
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever o currículo de um tradutor freelancer
O tradutor freelancer deve fazer um currículo antes de procurar trabalho (resume image by Danil Vachegin from Fotolia.com)

Como um tradutor freelancer você precisa vender seus serviços e suas habilidades constantemente para obter uma renda segura. No entanto, se você estiver bem preparado para o mercado encontrará diversas oportunidades modernas para atuar como freelancer, como a tradução de currículos, tradução de teleconferências e trabalhos com documentação médica. A melhor maneira de evidenciar sua educação e treinamento é entregar aos seus chefes e clientes uma cópia do seu currículo de tradutor. Esse documento mostrará toda a sua experiência na área e deixará claro quais são as suas especializações.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Inicie com a sua informação pessoal, incluindo o nome completo, endereço atual, número de telefone, endereço de e-mail e endereço do site profissional, se possuir um. Considerando que trabalhos de tradução freelancer são, em geral, oferecidos por pessoas que levam em consideração outros fatores pessoais, é comum acrescentar data de nascimento, sexo e nacionalidade nessa seção.

  2. 2

    Crie a seção "Resumo" ou "Tradução", na qual você deve escrever um parágrafo sobre a sua carreira de tradutor. Diga há quanto tempo você é um tradutor, as línguas que você fala, as áreas em que se especializou e os tipos de trabalhos de tradução em que você tem experiência, como a tradução de currículos, correspondência online e trabalhos para empresas estrangeiras. Se você é nativo de uma das línguas que está oferecendo, coloque que você é um "Falante nativo". Além disso, liste detalhadamente os formatos de serviços que você oferece como tradução, revisão de textos ou transcrição.

  3. 3

    Crie uma sessão chamada "Experiência" ou "Histórico de trabalho". Ela será a maior parte do seu currículo, já que você listará muitos dos seus atuais e antigos empregadores e clientes, além de citar tarefas especiais que executou quando ocupava uma determinada posição, como tradutor de brochuras ou gravando reuniões internacionais. Como um freelancer, talvez você tenha feito dúzias ou centenas de projetos únicos em sua carreira, então liste apenas os feitos mais memoráveis. É apropriado escrever sobre qualquer prêmio ou honrarias que tenha recebido pelo seu trabalho de tradução.

  4. 4

    Escreva a seção "Formação" do seu currículo. Coloque todo os passos relevantes de sua vida acadêmica em ordem cronológica reversa, e inclua a área em que se diplomou, o nome da instituição, a localização e a data em que a graduação foi concluída. Ainda nessa sessão, crie um paragrafo descritivo para cada curso que tenha concluído ou feitos estudantis que tenha atingido e que sejam relevantes para sua carreira de tradutor freelancer.

  5. 5

    Crie a seção "Referências". Como um freelancer que fez diversos trabalhos pequenos, digite frases ditas pelos seus clientes e pequenos testemunhos de antigos empregadores que dão credibilidade ao seu trabalho. Inclua o nome deles na citação, a cidade e estado em que moram e qual o tipo de serviço de tradução prestado. Se você for autorizado a fazê-lo, coloque também informações de contato.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível