×
Loading ...

Como escrever um livro em primeira pessoa

Atualizado em 12 julho, 2018

Escrever um romance em qualquer ponto de vista é uma tarefa desafiadora; decidir a história, desenvolver personagens acreditáveis e criar suspense por toda a história são coisas difíceis de se conseguir. Escrever na perspectiva do "eu", porém, coloca o narrador instantaneamente na história, ao invés de dar a ele o luxo de ficar de fora ou permanecer pulando para dentro e para fora de todos os tipos de cena para apresentar uma visão onisciente da história. De acordo como o autor premiado David Niall Wilson, se você não pode contar a história inteira pelo que o narrador vê, sabe ou pelo menos infere, você deve escolher uma narrativa em terceira pessoa. No entanto, existem alguns modos de manter o contar da sua história genuíno com o uso da primeira pessoa.

Instruções

As histórias horripilantes de Poe, como "O poço e o pêndulo" e "Coração delator" estão entre os clássicos de narração em primeira pessoa (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  1. Mantenha seus diálogos autênticos. De acordo com David Niall Wilson, os diálogos não podem ser uma forma de se jogar informações necessárias sobre outros personagens da história.Se o narrador está conversando com o melhor amigo, esse amigo não usaria essa conversa para contar ao narrador o que ele faz da vida ou onde ele mora. Esses são fatos que o narrador já deveria saber, e que fazem com que a conversa não pareça natural.

    Loading...
  2. Revele a personalidade, ou "voz" do seu narrador através de dicção e reação a eventos. Dê ao narrador algum tempo para remoer acontecimentos, contando-os ao leitor (mas não até o ponto em que fique tedioso). Os leitores se sentirão próximos de um narrador com o qual simpatizem, e se você conseguir deixar os leitores do seu lado, seu romance vai florescer. O livro "Paz como um rio", de Leif Enger, por exemplo, tem um narrador em primeira pessoa cujo pai o trouxe de volta a vida após os médicos o pronunciarem como morto ao nascer, e cujo irmão foge da lei após cometer um assassinato acidental. A simpatia do leitor pelo menino o leva a compartilhar da admiração do garoto pelos milagres de seu pai e pela coragem de seu irmão.

  3. Use todos os truques de refraseamento que você tiver à disposição para evitar que a palavra "eu" domine seu romance. De outra forma, eu texto terá muitas palavras iguais e parecerá um livro de figuras para crianças. Ao invés de usar construções como "eu senti medo quando o lobisomem uivou", você pode dizer coisas como "meu corpo tremeu com cada eco do lobo" ou "o uivar constante começou a fragilizar meus nervos".

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...