×
Loading ...

Como escrever um plano de ação escolar para arte no primário?

Atualizado em 20 julho, 2017

Planos de ação escolares clarificam o que a comunidade valoriza em programas do tipo. Tais planos ajudam a verbalizar como as metas podem ser alcançadas e como o sucesso delas será medido. A maioria dos planos de ação respondem às questões de quem, o que, quando, onde, como e porque. Além disso, bons planos irão enunciar marcos e procedimentos finais de avaliação para determinar o seu grau de sucesso. Enquanto todos os projetos são diferentes, de acordo com a WestEd, "não há apenas um design que funcione melhor para um plano de ação".

Instruções

Sócios se reúnem para escrever e implementar planos de ação (Group of business people working together in the office. image by Andrey Kiselev from Fotolia.com)

    Criando um plano de ação escolar

  1. Determine os indivíduos que tenham um interesse investido nos resultados do plano de ação. Os sócios nesse caso incluem representantes de diversos grupos, como da administração do campus, membros do corpo docente, e pais. Em alguns casos, os sócios irão incluir apenas a administração e aqueles professores que recebem mais impacto do plano de ação proposto.

    Loading...
  2. Escolha um líder para dirigir os procedimentos. Ele deverá ser um indivíduo que esteja familiarizado nas políticas do distrito e entenda as minúcias de um programa efetivo de artes visuais para o primário. Na maioria dos casos, o líder será um professor de artes com bastante experiência.

  3. Reúna os sócios para uma reunião. O líder irá introduzir o plano de ação proposto e deixar bem claro seu foco; nesse caso, uma estratégia para arte para o primário.

  4. Revise a declaração de princípios da escola e determine como a arte para o primário cumpre com esses princípios. Essas declarações são documentos curtos e formais que descrevem a filosofia e o propósito de uma escola.

  5. Examine as normas acadêmicas estaduais para as artes visuais. Se as normas estaduais não estiverem disponíveis, procure as normas nacionais. As normas acadêmicas delineiam o conhecimento e as habilidade que os alunos deveriam ter nas várias séries de ensino. Note que mesmo o nível primário de bons professores de arte inclui história da arte, estética, crítica, produção, e conexões entre currículos escolares diferentes.

  6. Defina os objetivos e metas do plano de ação. Objetivos são passos individuais que levam alguém a alcançar uma meta. Certifique-se de que elas sejam razoáveis e que os objetivos possam logicamente resultar em conquistar as metas.

  7. Escolha indivíduos que serão responsáveis por implementar cada objetivo. Por exemplo, o diretor de um campus poderia ser responsável por notificar os pais de um novo programa de artes para o primário, enquanto um professor de artes poderia ser responsável por encomendar os materiais necessários para o ensino nas aulas.

  8. Crie uma linha de tempo realista para declarar quando qual objetivo será implementado.

  9. Liste as referências e marcos que serão usados para determinar quando os objetivos serão alcançados. Em outras palavras, como você saberá quando cada objetivo foi cumprido.

  10. Considere como cada objetivo será avaliado. Que evidência irá documentar que você alcançou o sucesso?

  11. Desenvolva uma folha descritiva do plano de ação criando uma matriz. Mantenha-a o mais simples possível, mas cada meta deverá ter seu próprio conjunto de objetivos. Liste os títulos ao longo do topo da matriz e os objetivos na coluna à esquerda. A Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill oferece um exemplo útil de um plano de ação efetivo que mostra títulos e objetivos.

Loading...

O que você precisa

  • Sócios
  • Declaração de princípios da escola
  • Padrões acadêmicos para artes visuais

Referências

Loading ...
Loading ...